Casos de Covid-19 aumentam em Pará de Minas e HNSC é autorizado pelo SUS a habilitar mais 10 leitos de CTI

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Após a inauguração de um novo Centro de Tratamento Intensivo (CTI) no Hospital Nossa Senhora da Conceição (HSNC), em julho, a principal instituição de saúde da cidade passou a contar com 30 leitos. Vinte deles incialmente para tratamento de pacientes com suspeita ou confirmados com COVID-19.

A notícia foi comemorada pois este foi mais um investimento para o enfrentamento do novo coronavírus. Pará de Minas foi um dos municípios que mais investiu nesta retaguarda, caso o número de pacientes que precisassem de internação aumentasse consideravelmente.

Mas, com o número de casos diários diminuindo, no final de novembro o HNSC recebeu a notícia que a Superintendência Regional de Saúde suspenderia a habilitação de dez leitos pelo SUS. A razão, segundo eles, é que dos 20 leitos dedicados a pacientes com COVID-19, em todo o período da pandemia houve cerca de 10 internações simultâneas.

Mas pelo visto o jogo virou. Conforme antecipado pelo Portal GRNEWS no dia 30 de dezembro de 2020, com o aumento considerável no número de casos confirmados em Pará de Minas, nesta terça-feira, 12 de janeiro, dos 10 leitos de CTI dedicados a tratamento de pacientes com o novo coronavírus, nove estão ocupados. Já os 20 leitos de enfermaria, também exclusivos para a doença, 12 estão ocupados.

Para ter alguns leitos de retaguarda foi autorizada habilitação dos 10 leitos de CTI, exclusivos para COVID-19. Ao Portal GRNEWS o provedor interino do HNSC Paulo Duarte ressalta que o novo espaço já está em funcionamento:


Paulo Duarte

paulodunovoctilei1

Os leitos reabilitados são custeados através do Sistema Único de Saúde (SUS).

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!