Pará de Minas registra 120 novos casos de Covid-19 em 10 dias, mas continua na onda amarela do Minas Consciente

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

O Portal GRNEWS apurou na manhã desta quinta-feira (10) que o Município de Pará de Minas permanece na onda Amarela do Minas Consciente pela macro, conforme publicado ontem (9) e também pela microrregião. A decisão é do Governo de MG após análises realizadas da taxa de incidência de novos casos e ocupação de leitos. A recomendação do Estado é pela obediência às normas de prevenção, mesmo que o plano tenha sido reformulado e agora todos os setores podem funcionar seguindo algumas determinações, como delimitações de distanciamento.

É preciso seguir as regras para evitar que a microrregião regrida para a onda Vermelha, fase mais restritiva do plano. Os números em Pará de Minas não são animadores. Em apenas 10 dias, foram 543 novos casos suspeitos registrados, que totalizam 10.675 paraminenses com sintomas gripais; 120 novos casos confirmados no mesmo período, totalizando 2.040 paraminenses que testaram positivo para o novo coronavírus; e oito mortes, o que totalizam 52 óbitos em decorrência da Covid-19. Outro óbito segue sendo investigado conforme publicado na tarde de ontem (9).

O Portal GRNEWS também analisou os dados da Secretaria de Estado de Saúde (SES), revelando que a taxa de letalidade da doença em Pará de Minas é de 1,47%. A maioria dos casos confirmados na cidade é em mulheres com idade entre 30 e 49 anos. Até agora, 90,98% dos pacientes que testaram positivo para o novo coronavírus ficaram em isolamento domiciliar.

Quanto aos leitos de UTI, Pará de Minas está com 55,32% dos leitos ocupados, sendo que 25,53% é de pacientes diagnosticados com COVID-19.

Em relação aos leitos de enfermaria, a situação se complica um pouco mais. O Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC), que recebe pacientes de Pará de Minas e cidades vizinhas, tem 81,37% dos leitos ocupados, e destes, 14,71% com pacientes que testaram positivo para o novo coronavírus.

Pará de Minas tem um decreto municipal em vigência até esta quinta-feira, 11 de fevereiro, que restringe o funcionamento de bares, lanchonetes e restaurantes até as 23 horas e proíbe a realização de eventos de qualquer natureza.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!