Vereadores votam três projetos durante reunião extraordinária para limpar as gavetas da Câmara Municipal

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


Durante reunião extraordinária realizada nesta quarta-feira, 20 de dezembro, os vereadores discutiram e votaram o Projeto de Lei 160 que autoriza o município a contratar junto ao Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), operações de crédito com outorga de garantia.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

A proposta havia sido retirada de pauta a pedido do vereador Marcus Vinícius Rios Faria (PMDB). Teve um pedido de vista pelo vereador e outro da Comissão de Obras da Câmara Municipal.

O argumento inicial era que o dinheiro desse empréstimo seria utilizado em obras de mobilidade urbana. Porém, os vereadores questionaram porque o prefeito abriu mão de R$ 2,3 milhões para mobilidade urbana na rua Benedito Valadares liberados pelo governo federal por meio de emenda parlamentar do deputado federal Eduardo Barbosa e queria contrair um empréstimo de R$ 3 milhões para o município pagar para a mesma finalidade. Por isso, pediram mais explicações ao Executivo.

O assunto foi discutido durante reunião no plenarinho da Câmara Municipal entre representantes da prefeitura e vereadores. Discutiram bastante no decorrer do encontro e por fim marcaram uma reunião extraordinária para a manhã dessa quarta (20).

Ficou esclarecido que o prefeito Elias Diniz pretende contrair o empréstimo de R$ 3 milhões para aplicar na revitalização da avenida Presidente Vargas. O presidente do Legislativo, Mário Justino da Silva (PRB) ressalta que alguns projetos não foram executados e espera que essa benfeitoria se torne realidade:


Mário Justino da Silva
reuniaoextraordinariamariojustino1

Também foi aprovado o Projeto de Lei 188 que autoriza a Prefeitura de Pará de Minas a promover os atos necessários à abertura de crédito especial para arcar com as despesas de repasse de subvenção à Associação Amigos de São João Batista (AJOB).

Projeto 189 – de autoria da mesa diretora –altera o Anexo V – Descrição das atribuições dos cargos de provimento efetivo da Lei Complementar nº 6.046, de 20 de junho de 2017, que dispõe sobre o Quadro de Pessoal, Plano de Carreira e Política de Remuneração dos servidores da Câmara Municipal.

Esta lei foi aprovada e o candidato ao cargo de Analista de Compras no previsto no concurso público da Câmara Municipal com salário de R$ 3.600,00 mensais, deverá ter formação em Direito, Administração ou Ciências Contábeis. Uma mudança exigida pelo Conselho Estadual de Administração.

Ao final o presidente fez uma avaliação positiva dos trabalhos realizados durante todo o ano de 2017. Afirmou que está satisfeito e com o senso de dever cumprido perante a população de Pará de Minas:

Mário Justino da Silva
reuniaoextraordinariamariojustino2

A partir do dia 1º de janeiro de 2018 o novo presidente da Câmara Municipal será o vereador Marcus Vinícius Rios Faria (PMDB). Mário Justino da Silva continuará na mesa diretora e ocupará o cargo de secretário.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!