Paraminenses descartam máscaras incorretamente e podem contaminar trabalhadores da limpeza urbana

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

As máscaras, seja descartável ou de pano, se tornaram acessório indispensável ao sair nas ruas desde o início da pandemia. O equipamento é uma das formas de prevenção ao novo coronavírus.

Inserir as máscaras na rotina diária é um verdadeiro desafio para muita gente, e exige disciplina e atenção. Além de usar o equipamento corretamente, é preciso também saber como descartá-lo, já que se estiver contaminado não pode ser colocado em qualquer lugar.

Mas infelizmente o que é visto em muitas cidades, não só no Brasil, são pessoas que utilizam a máscara e depois a jogam de qualquer forma no lixo e até mesmo nas ruas.

A coordenadora do Setor de Limpeza Urbana da Engesp Denise Alves Costa Azevedo confirma ao Portal GRNEWS que os trabalhadores da limpeza da cidade tem encontrado muitas máscaras que foram descartadas incorretamente pelos paraminenses. Mesmo que o funcionário tenha todo o cuidado ao sair para trabalhar, a máscara encontrada nas ruas pode contaminá-lo:

Denise Alves Costa Azevedo
denisedescartmascinco1


Mas qual a forma correta de descartar a máscara? Denise Alves explica que além de jogar o equipamento no lixo do banheiro, é preciso vedar bem a sacola:

Denise Alves Costa Azevedo
denisedescartmascinco2

Em hipótese alguma a máscara deve ser jogada no lixo reciclável, pois ela pode contaminar quem separa os resíduos. Se estiver na rua e for trocar a máscara, a usada deve ser colocada em um saco plástico para só depois ser descartada. É importante ainda higienizar bem aos mãos com álcool em gel ou sabão e água logo após o descarte.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!