Lideranças se reúnem com diretoria do IMA e acertam detalhes sobre a inspeção de carnes em Pará de Minas

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


Durante reunião extraordinária realizada pela Câmara Municipal de Pará de Minas na quinta-feira, 29 de março, os vereadores aprovaram por unanimidade o projeto que cria o Serviço de Inspeção Municipal (SIM).

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

A medida foi tomada em caráter de urgência depois que fiscais do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) lacraram alguns estabelecimentos que atuam no mercado de derivados de carne e do leite no município de Pará de Minas.

A lei exige um órgão específico para fiscalizar as empresas que comercializam produtos de origem animal dentro nos municípios. Após a verificação os fiscais liberam um selo de inspeção, o que comprova a qualidade do produto.

O objetivo é combater os abusos de algumas indústrias de alimentos e garantir mercadorias de boa qualidade. Esse acompanhamento contribui para o bem estar da população e evita graves problemas na saúde pública.

O prefeito Elias Diniz (PSD) sancionou a lei aprovada pelo Poder Legislativo nesta sexta-feira, 31 de março. Ele explica que as empresas lacradas em Pará de Minas foram liberadas porque já passaram pela fiscalização:

Elias Diniz
eliasdiniz_ima1

O chefe do Poder Executivo Municipal informa que todo estabelecimento comercial que opera no segmento de carnes processadas e derivados precisam ser fiscalizadas para receber o selo do SIM. Também será implantado um programa para ajudar no cumprimento das normas:

Elias Diniz
eliasdiniz_ima2

O deputado estadual Inácio Franco (PV) participou de uma reunião com a diretoria do IMA na Cidade Administrativa, sede do Governo de Minas Gerais, em Belo Horizonte. Ele foi acompanhado do prefeito Elias Diniz e durante o encontro foram abordadas todas as questões envolvendo a fiscalização sanitária:

Inácio Franco
inaciofranco_ima

O serviço de inspeção será realizado em Pará de Minas pelos fiscais de carreira que atuam no Departamento de Vigilância Sanitária, vinculado a Secretaria Municipal de Saúde. Será feito um consórcio entre os municípios da microrregião para que sejam disponibilizados profissionais especializados para auxiliar na fiscalização.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!