Equipe da Fundação Hemominas deve vir a Pará de Minas colher sangue para ajudar jovem com Leucemia

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Um paraminense de 14 anos precisa da ajuda de todos. Gabriel Silva Ferreira foi diagnosticado há um ano com Leucemia. Ele está internado no Hospital São Lucas em Belo Horizonte e por causa do tratamento ficou sensível a outras questões. Com a imunidade baixa, o garoto chegou à ficar 20 dias no Centro de Tratamento Intensivo (CTI).

Os remédios e tratamentos atacaram também o sistema nervoso de Gabriel, ele perdeu a visão do lado esquerdo, está com paralisia facial e necessita urgentemente de doação de medula óssea.

Os parentes fizeram o exame de sangue, mas infelizmente nenhum foi compatível com o garoto. Por isso começaram recentemente uma grande campanha de mobilização em toda a região.

Para saber se a pessoa é compatível, é realizado um exame de sangue, onde são colhido 5ml para o teste. Depois o resultado é cadastrado no Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome) e quando há alguém compatível o sistema reconhece. A cada 100 mil pessoas, uma é compatível com um paciente.

Quem é de Pará de Minas deve procurar uma unidade da Fundação Hemominas em Belo Horizonte ou Divinópolis. Mas por causa do trabalho muita gente não pode ir até uma das cidades para a coleta do sangue necessário para o teste de compatibilidade.

O deputado estadual Inácio Franco (PV) foi procurado pela família de Gabriel e se prontificou a ajudar. Ele conversou diretamente com a diretora do Hemominas e a notícia positiva, chegou, como disse a reportagem do Portal GRNEWS o assessor parlamentar Délio Alves Ferreira:


Délio Alves Ferreira
delioalveshemom1

A Fundação Hemominas retornará em breve informando a data exata em que sua equipe estará em Pará de Minas com os materiais necessários para a coleta do sangue dos paraminenses.

O assessor acredita também que assim que a data foi marcada a população paraminense participará e fará fila para ajudar quem precisa:

Délio Alves Ferreira
delioalveshemom2

O transplante de medula óssea é a substituição de uma medula óssea doente por células normais para reconstituir uma nova. A medula é retirada de dentro dos ossos da bacia por meio de punções e dura em média 1h30.

A medula do doador se recompõe em apenas 15 dias e para o paciente, o transplante, é a chance de uma nova vida.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!