Planejamento e investimentos da concessionária garantem abastecimento de água em Pará de Minas

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


A paralisação dos caminhoneiros já chegou ao nono dia e entrou para a história do país como uma das mais devastadoras. O desabastecimento, principalmente nas capitais, é preocupante e vem sendo agravado com o passar do tempo.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Tropas do Exército e da Polícia Militar continuam escoltando carretas e caminhões no trajeto entre as refinarias e alguns postos de combustíveis. O abastecimento prioritário é de veículos da segurança pública, hospitais, e de transporte de medicamentos e insumos para hospitais.

O presidente Michel Temer (MDB-SP) e sua equipe já publicou no Diário Oficial da União a redução do litro do óleo diesel em R$ 0,46 durante um período de 60 dias. O Congresso Nacional também votará uma tabela de frentes.

As entidades que negociaram com o governo federal já anunciaram o fim da paralisação. Porém, informou que grupos infiltrados continuam mantendo a manifestação com o objetivo de derrubar o atual governo.

A população está preocupada com a falta de combustíveis e a consequente falta de alimentos e itens essenciais. Um deles é o abastecimento de água que depende de alguns produtos químicos e de análises constantes em laboratório.

De acordo com Thiago Contage Damaceno, superintendente da Águas de Pará de Minas, a situação está sob controle no município. Ele explica que a empresa sempre comunicou qualquer situação de emergência, caso haja necessidade:


Thiago Contage Damaceno
abastecimentolthiagocontage1

A população paraminense pode ficar tranquila porque a concessionária trabalha com um planejamento eficaz e estoca produtos e outros materiais durante um período de no mínimo três meses:

Thiago Contage Damaceno
abastecimentothiagocontage2

A rede adutora que capta água no rio Paraopeba conta com bombas que são controladas por uma rede de energia elétrica. O sistema está normal e não existe risco de comprometimento do abastecimento de água em Pará de Minas.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
error: Conteúdo Protegido!