Professor e estudante relatam os desafios da educação à distância em MG

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Antes o Ensino à Distância (EAD) era ofertado em faculdades pelo Brasil afora. Praticamente ninguém imaginou que até as crianças de quatro anos, de uma hora pra outra, começariam a estudar de forma remota, com aulas online. E foi isso que aconteceu. A pandemia do novo coronavírus virou do avesso a educação no país.

Há mais de um ano milhões de estudantes estão em casa, aprendendo tudo pela internet. Se antes a tecnologia, como celulares e tablets, podiam entrar na sala de aula. Hoje virou uma forte aliada e sem ela fica impossível acompanhar as aulas.

Reprodução

O Governo de Minas Gerais criou o Plano de Estudo Tutorado (PET) para ajudar os professores no planejamento das aulas e os alunos tem novas apostilas a cada bimestre. O Estado também utiliza o Conexão Escola, aplicativo desenvolvido para organizar as aulas e usado tanto por professores como alunos. Além disso, em 2021, o Google Classroom – Google Sala de Aula – é onde os estudantes marcam a presença na aula daquela disciplina, fazem as atividades e provas, e de forma online retornam ao professor, que tem tudo na palma da mão.

Rondinelli Alves é professor e também faz parte do Sindicato Únicos dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE MG). Cita que este ano os aplicativos estão ajudando na aplicação dos conteúdos, porém, nem todos tem acesso à internet de forma fácil e ágil:

Arquivo / Portal GRNEWS

Rondinelli Alves
rondalveesconexao1

Um ano depois do início das aulas online, Rondinelli Alves acredita que os estudantes estão atrasados e infelizmente, o ano letivo de 2020 foi perdido:

Rondinelli Alves
rondalveesconexao2

O Portal GRNEWS também ouviu a estudante Gabriela Fonseca Lima de 16 anos. Ela está no segundo ano da Escola Estadual Nossa Auxiliadora e há mais de um ano, como os outros alunos, estuda, faz atividades e provas, tudo pela internet. Assim como o professor Rondinelli Alves, também acredita que em 2020 a aprendizagem foi prejudicada:

Foto: Arquivo pessoal

Gabriela Fonseca Lima
gabiflconexao1

Quanto ao aplicativo Conexão Escola 2.0, com a atualização ele está mais completo porém, poderia melhorar segundo a estudante:

Gabriela Fonseca Lima
gabiflconexao2

A Secretaria de Estado de Educação criou um e-mail para cada estudante mineiro para que ele possa acessar gratuitamente a plataforma, tendo acesso ao Google Meet para as aulas online e ao vivo, e também as atividades e provas.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!