Idosa que demanda cuidados especiais recebeu alta, mas segue na UPA aguardando vaga em um asilo

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


Os números mostram que a população brasileira está vivendo mais e com isso a quantidade de idosos cresce a cada ano. Um grande desafio para toda a sociedade e o poder público é cuidar dessas pessoas.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Em muitos casos os idosos não recebem assistência dos familiares e são abandonados. Para piorar, alguns filhos retiram os recursos financeiros dos pais e os deixam sem qualquer atenção.

Em Pará de Minas ocorreu este fato não é comum. Uma idosa foi internada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas, recebeu toda a assistência médica e foi liberada para voltar para casa.

Entretanto, a paciente não tem condições de ficar sozinha e os outros parentes também são idosos. Um verdadeiro drama porque a mulher é muito dependente por causa da saúde frágil.

De acordo com Paulo Duarte, secretário municipal de Saúde, o caso é muito raro. A paciente recebeu alta, mas continua sendo acolhida na UPA 24 horas e a Assistência Social está buscando uma vaga em um asilo:


Paulo Duarte
idosanaupapauloduarte1

A unidade não pode ser utilizada para a internação de pacientes, pois se trata da porta de entrada dos casos de urgência e emergência. A maior preocupação é com os riscos de contaminação no ambiente:

Paulo Duarte
idosanaupapauloduarte2

As equipes da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social visitaram a paciente idosa na UPA 24 horas e estão trabalhando para solucionar o caso o mais rápido possível.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!