Processo de licitação para viabilizar nova escola do Senai em Pará de Minas, ainda não foi concluído

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

novaescola_senai
Na gestão do ex-prefeito Zezé Porfírio, a Prefeitura de Pará de Minas adquiriu um terreno no bairro Senador Valadares, próximo ao Pronto Atendimento Municipal José Porfírio de Oliveira (P.A.), para implantação do Centro Tecnológico de Alimentos (Cetal).

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Sem dinheiro para pagar a metade do valor do imóvel, a Câmara Municipal de Pará de Minas devolveu dinheiro para que fosse concretizado o negócio. O restante foi pago pela prefeitura em parcelas mensais.

Porém, o projeto não vingou e o sistema Fiemg (Federação das Indústrias de Minas Gerais) desistiu do Cetal em Pará de Minas e preferiu investir em uma escola em Belo Horizonte.

Porém, em 2014 a entidade decidiu ampliar a escola do Senai no município. Para isso o poder público fez um contrato de cessão de uso do imóvel para a Fiemg.

Trata-se de uma área total de mais de 40 mil metros quadrados. A previsão é de construir e reformar 7 mil metros quadrados de área, onde deverão ser montados laboratórios, salas de aula e departamentos administrativos.

O investimento deverá ser da ordem de R$ 10 milhões por parte da Fiemg. Pelo projeto apresentado a nova escola do Senai atenderá 1.200 alunos, o que aumentaria a oferta de mão de obra qualificada na região.

olavomachado_fiemg
No último dia 8 de abril o presidente da Fiemg, Olavo Machado Júnior, esteve em Pará de Minas e disse que não sabia que o edital ainda não havia sido publicado. Ele tomou todas as providências em relação ao processo e informou que a licitação deveria ser finalizada em cera de 90 dias.

De acordo com o prefeito Antônio Júlio de Faria, o processo licitatório está em andamento e existe a promessa do presidente da Fiemg de dar a ordem de serviço para o início das obras no mês de setembro:

antjul_senai
Antônio Júlio de Faria
nescsantoniojulio

A meta da nova unidade deverá oferecer os cursos técnicos de Eletrônica, Gestão, Segurança do Trabalho, Construção Civil, Confecção Industrial, Panificação e Tecnologia da Informação (TI).

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!