Câmara de Pará de Minas prorroga outra vez contrato para instalar usina fotovoltaica devido a picos de energia

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Como o Portal GRNEWS antecipou, a Câmara de Vereadores de Pará de Minas iniciou a instalação de uma usina solar fotovoltaica na sede do Legislativo. O objetivo é reduzir o custo da conta de energia elétrica do prédio. A Lumus Comércio e Serviços de Engenharia Elétrica Ltda. é a responsável pela instalação que custou aos cofres públicos R$ 167.004,03.

A usina terá potência igual ou superior a 42Kwp, telhado de estrutura metálica, telha trapezoidal galvanizada, garantia mínima de 10 anos e certificação do INMETRO. Serão instalados 104 painéis solares e a empresa deveria concluir a obra até outubro deste ano, após uma prorrogação realizada devido a pandemia do novo coronavírus, que atrasou a compra e chegada de equipamentos e materiais.

Nesta semana nova prorrogação foi publicada, desta vez de 45 dias, compreendendo 25 de outubro a 8 de dezembro de 2020.

O Portal GRNEWS apurou que a instalação da usina já está pronta, porém após a colocação dos equipamentos foram detectados picos de energia no imóvel e a preocupação era com possíveis danos em computadores e outros equipamentos devido a intermitência da energia elétrica.

Foi feita uma avaliação e diagnosticado que os inversores instalados na usina seriam os responsáveis pelos picos de energia. A empresa foi acionada, já que é de responsabilidade dela a instalação, e os técnicos farão nova análise e trocas dos inversores caso seja necessário. O prazo até dezembro é para solucionar estes pequenos problemas e colocar a usina em pleno funcionamento.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!