Crianças devem ser prioridade de todos os governos, afirma presidente do CMDCA

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Tudo que é decidido e envolve crianças e adolescentes de Pará de Minas passa pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA).

O órgão de controle social é responsável também por registrar entidades que atuam com este público, acompanhando o desenvolvimento de projetos e programas voltados para a faixa etária e como podem ajudar estas crianças e adolescentes.

O CMDCA existe em Pará de Minas há vários anos e agora voltou aos holofotes com a Campanha da Fraternidade que trata de políticas públicas e como a sociedade pode e deve ajudar.

Ângela do Carmo Patrocínio é a presidente do Conselho e garante que os 12 membros são ativos e todos têm o objetivo de criar medidas que beneficiem especialmente crianças e adolescentes mais carentes.

Veja também
População paraminense precisa se interessar mais pelos conselhos e ajudar na criação de projetos
Pará de Minas tem 15 conselhos atuantes; Assistência Social é um deles para criar politicas publicas
Conselhos municipais atuam na defesa das politicas publicas para garantir direitos aos cidadãos
COMAD atua na prevenção e combate às drogas visando desenvolver projetos de conscientização

Ela aprova o tema da Campanha da Fraternidade 2019 e pede que as classes estejam mais unidas, do poder público à igreja, inclusive a sociedade em geral:


Ângela do Carmo Patrocínio
angeladocarmocmdca1

Ao longo dos anos a sociedade civil passou a acreditar mais no conselho, afirma a presidente. Ela conta que conseguiu recentemente recursos para o Fundo da Infância e da Juventude e que entidades que trabalham com crianças e adolescentes poderão receber verbas a partir de agora.

A conselheira afirma que as crianças devem ser prioridade dos governos em todos os sentidos. Pois elas serão os futuros profissionais e também políticos que ditarão os rumos do país:

Ângela do Carmo Patrocínio
angeladocarmocmdca2

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente foi empossado em outubro de 2017. Uma nova eleição deve ser realizada no segundo semestre deste ano.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!