SAMU decreta estado de alerta na região Centro-Oeste de Minas por falta de combustível

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


A Central do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), em Divinópolis, divulgou nota nesta sexta-feira, 25 de maio, decretando estado de alerta porque as ambulâncias da região tem combustível apenas para hoje.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Os gestores estão procurado alternativas para o abastecimento das ambulâncias. Estão sendo negociados empréstimos de combustível com os municípios e o governo do estado, em caso de disponibilidade.

A medida vem sendo tomada porque não há combustíveis nos postos credenciados pelo Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região Ampliada Oeste (CIS-URG).

Como medida de contenção, as ocorrências de código verde serão atendidos pelo Corpo de Bombeiros, o que já foi alinhado com a corporação. O SAMU vai atender os casos de código vermelho e amarelo.

Nos municípios onde não há Corpo dos Bombeiros o atendimento continua normal até que haja combustível. Sobre as transferências inter-hospitalares, serão feitas somente com segurança de abastecimento no deslocamento e retorno da unidade à base.

De acordo com José Marcio Zanardi, coordenador do SAMU na região Centro-Oeste de Minas Gerais, os serviços estão limitados pela falta de combustível e algumas prefeituras estão colaborando. Outro agravante é que alguns colaboradores das equipes estão tendo dificuldades de chegar ao trabalho:


José Marcio Zanardi
samuemergenciajosemarciozanardi

Atualmente o SAMU conta com uma frota de 31 ambulâncias na região e quatro reservas que são usadas para substituição em caso de necessidade. Esses veículos consomem aproximadamente 15 mil litros de combustível por mês.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!