PM define esquema de segurança e estará pronta atuar em evento paralelo ao Baile dos Barangos

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

No dia oito de junho Pará de Minas será realizado o tradicional Baile dos Barangos que proporciona muita alegria aos frequentadores, mas também dor de cabeça para parte da sociedade e muito trabalho para a Polícia Militar.

Neste baile só se destaca quem se vestir de uma forma diferente, com muitas cores e acessórios que chamam a atenção. O estilo não é muito usado no dia a dia, mas um sucesso tremendo durante o evento.

A festa só acontece à noite, a partir das 22 horas, mas a movimentação em alguns pontos da cidade tem início já no fim da tarde. Pessoas de vários pontos de Pará de Minas e até de cidades vizinhas se aglomeram em lojas de conveniências instaladas em postos de combustíveis e ali mesmo tem início as comemorações.

Mas infelizmente, nos últimos anos, com o aumento no número de participantes cresceu também a bagunça nestes postos que se estendeu para as ruas. Na Avenida Ovídio de Abreu, bairro Dom Bosco era complicado até mesmo transitar. Muitas pessoas ficavam no meio da rua e atrapalhavam o fluxo de veículos com riscos até mesmo de acidentes.

No local também é comum a presença de crianças e adolescentes desacompanhados dos pais e de acordo com a Polícia Militar eram registrados até mesmo uso de drogas, infrações de trânsito e vandalismo.

Para evitar que isso ocorra este ano, foi realizada uma reunião entre representantes da Polícia Militar, da danceteria que promove o evento, do Departamento de Trânsito e Transportes da Prefeitura, do posto de combustíveis onde há aglomeração e do comissariado de menores. O objetivo é traçar estratégias para garantir a segurança de toda a população.

Sargento Paulo Roberto Giardullo Pinto, da Assessoria de Comunicação Organizacional da 19ª Companhia da Polícia Militar Independente de Pará de Minas, destaca a importância de toda a comunidade ficar atenta às mudanças, entre elas a proibição de evento paralelo que acontecia antes do baile:


Paulo Roberto Giardullo Pinto
sargentopaulobaile1

A Polícia Militar registrou nos anos anteriores dezenas de ocorrências no evento paralelo ao baile e faz um apelo para que as pessoas não se aglomerem nos postos de combustíveis:

Paulo Roberto Giardullo Pinto
sargentopaulobaile2

A PM ressalta que eventos na rua como este, são difíceis de conter, pois as pessoas tem o direito a ir e vir. Porém quando há estas aglomerações se reúnem também pessoas com más intenções, o que atrapalha a festa de outros:

Paulo Roberto Giardullo Pinto
sargentopaulobaile3

As equipes da Polícia Militar estarão atentas para atuar caso seja necessário com a formação de evento paralelo. Já no evento principal, que acontece na sede social do Patafufo Country Club, equipes de militares serão escaladas para garantir a segurança.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!