Caminhoneiros continuam parados nas estradas lutando por melhores de condições de trabalho

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


A greve dos caminhoneiros continua com os veículos parados nas estradas de 24 estados e no Distrito Federal. O protesto é contra os constantes reajustes dos combustíveis, especialmente o óleo diesel. Na região Centro-Oeste de Minas Gerais existem vários pontos de bloqueio.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter


O movimento já está causando reflexos em toda a economia. As empresas de todo o país já estão sentindo os efeitos do desabastecimento de produtos e serviços, resultando em milhões em prejuízos.


Os sacolões já estão com falta de frutas, verduras e legumes. Na Central de Abastecimento (CEASA) o movimento caiu drasticamente e os produtores não conseguiram transportar as hortaliças, provocando um efeito cascata.


Montadoras, lojas e indústrias estão ficando sem matéria-prima por causa da falta de transporte. Os postos de combustíveis também estão sem gasolina, álcool e óleo diesel para atender a demanda.


Falta até querosene para abastecer os aviões nos aeroportos. A paralisação está praticamente parando o país de Norte ao Sul. Enquanto isso, o governo convocou uma reunião com os representantes da categoria.


A Petrobras anunciou na noite de quarta-feira, 23 de maio, uma redução de 10% no preço do óleo diesel nas refinarias por 15 dias. Porém, a medida provocou uma queda de 14% nas ações da estatal e não atendeu as reivindicações dos caminhoneiros.

Carlos Luiz Gonçalves apoia a paralisação dos caminhoneiros voluntariamente. Segundo ele o preço dos combustíveis está insustentável para a população brasileiro e por isso é importante apoiar o manifesto:


Carlos Luiz Gonçalves
caminhoneiroscarlosluizgaoncalves

O vereador José Salvador Moreira conta que foi convocado por um caminhoneiro para apoiar o movimento na MG-431, que liga Pará de Minas a São José da Varginha. Os trabalhadores que estão parados na rodovia receberam doações de alimentos e água:


José Salvador Moreira
caminhoneirosjosesalvadormoreira

O caminhoneiro Rafael Júnior aproveita para agradecer a toda a população de Pará de Minas e região pelo apoio ao movimento pacífico. Ele afirma que os carros de passeio não estão sendo parados e pede a todos para unirem forças contra os abusos do governo brasileiro:


Rafael Júnior
caminhoneirosrafaeljunior


Na tarde desta quinta-feira (24), o governo se reuniu com líderes dos caminhoneiros para encontrar uma solução. No entanto, a reunião terminou sem acordo. Mais uma vez, o governo Michel Temer pediu trégua aos profissionais do volante.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!