A cada ano mais de um milhão de raios são registrados em MG e Cemig dá dicas para se proteger

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Já dizia Jorge Ben Jor “Moro num país tropical…”. E viver no Brasil é ter a certeza que nas transições de estações um fenômeno sempre ocorre: as chamadas tempestades de verão. Mesmo que a estação já tenho ido embora e dado lugar ao outono desde 20 de março, as pancadas de chuvas inesperadas, rajadas de ventos e os raios continuam.

No Brasil é registrada uma das maiores incidências de relâmpagos do planeta e o Estado de Minas Gerais está no topo do ranking quanto a estes números.

Dados da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) revelam que são contabilizados a cada ano, mais de um milhão de raios no estado. Estas descargas atmosféricas podem causar acidentes graves com a população e danos ao sistema elétrico.

O gestor de relacionamento da agência da Cemig em Pará de Minas Cléder Melo apresenta alguns procedimentos que todos devem tomar durante as chuvas acompanhadas destas descargas:


Cléder Melo
cledermeloraios1

A Cemig tem em toda a rede, pára-raios instalados para evitar a queima de equipamentos. Mas isso não protege os aparelhos que temos dentro de casa. Por isso, Cléder Melo dá algumas dicas para que não haja problemas após a passagem da tempestade:

Cléder Melo
cledermeloraios2

Outro problema apontado pela Cemig é quanto à rede que mesmo protegida, é rompida por causa de árvores caídas ou outros problemas durante a tempestade.

Nestes casos não é recomendável encostar nesta fiação partida e é importante ligar imediatamente para o Fale com a Cemig no telefone 116. O atendimento funciona 24 horas por dia.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!