HNSC retoma a realização das cirurgias de catarata para usuários do SUS em Pará de Minas

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


Após o período de suspensão, as cirurgias eletivas voltaram a ser realizadas no Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC) e são feitas aproximadamente 100 procedimentos por mês.

A Secretaria Municipal de Saúde continua trabalhando para que as filas de espera sejam reduzidas e até zeradas. Entretanto, a saúde pública é complexa e quanto mais se investe, mais tem que se investir.

No dia 9 de setembro do ano passado, por exemplo, 42 pacientes paraminenses foram submetidos ao processo cirúrgico no hospital de Mateus Leme. Apenas oito pessoas desistiram e não justificaram a ausência.

Na ocasião o município contratou 170 cirurgias de catarata para a realização do mutirão e a extinção da longa fila de espera. O serviço é prestado aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

Outra negociação vinha sendo feita para que os serviços voltassem a ser feitos em Pará de Minas. De acordo com Paulo Duarte, secretário municipal de Saúde, o pacote foi fechado e as cirurgias voltarão a ser feitas.

A interrupção tinha ocorrido por causa de um bloqueio do Pró-Hosp, um programa do governo estadual. Agora o município está assumindo tudo sem a ajuda da Secretaria de Estado de Saúde:


Paulo Duarte

cirurgiascataratapauloduarte1

Atualmente a fila de espera tem cerca de 300 pacientes aguardando pela cirurgia de catarata. Esse número foi registrado porque a Secretaria Municipal de Saúde contratou uma oftalmologista que está diagnosticando os problemas e fazendo os encaminhamentos:

Paulo Duarte
cirurgiascataratapauloduarte2

Diferentemente se um caso de urgência ou emergência, a cirurgias eletivas podem ser agendadas e executadas dentro de um cronograma. Contudo, os pacientes não podem aguardar um período maior que o recomendado.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE