Intervenção no HNSC está terminando e renovação do decreto depende de reunião entre Elias Diniz e Irmandade

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


No dia 10 de novembro de 2017 a prefeitura de Pará de Minas reabriu as portas do Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC). A entidade ficou fechada durante cinco dias e a população ficou muito assustada.

Todos os pacientes estavam sendo atendidos pela Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas. Porém, a estrutura não foi montada para atender as demandas de internação e tratamento de especialidades.

Os ex-diretores do HNSC alegavam dificuldades financeiras devido a falta de repasses por parte do governo estadual e da prefeitura. O município havia suspendido o envio da subvenção e o estado estava atrasando recursos.

Na época também foi divulgado que a instituição não tinha mais a capacidade de endividamento por causa de empréstimos bancários que haviam sido contraído por gestões anteriores da irmandade.

O prefeito Elias Diniz (PSD) decretou intervenção do município por um período de 12 meses. A decisão foi comunicada a diretoria da Irmandade Nossa Senhora da Conceição, entidade mantenedora da instituição de saúde.

A decisão foi anunciada na presença de vereadores de Pará de Minas, prefeitos e secretários municipais dos municípios que compõem a microrregião de saúde.

Desde então a prefeitura assumiu a responsabilidade pelo único hospital da cidade. Uma medida drástica na saúde pública do município. Uma Comissão de Fiscalização da Intervenção foi formada e ajudar internamente.

Após os levantamentos iniciais da real situação da entidade foram elaborados novos planos de trabalho e procedimentos internos. Todo o planejamento em conformidade com a Secretaria Municipal de Saúde, que é a gestora dos recursos do Sistema Único de Saúde (SUS).

No próximo dia 11 de novembro vence o prazo do decreto da intervenção. A reportagem do Portal GRNEWS foi as ruas e ouviu a maioria da população se posicionar favorável a continuidade do trabalho que está sendo feito.

O prefeito Elias Diniz (PSD) lembrou os desafios enfrentados a partir do decreto da intervenção e fez uma avaliação positiva dos números de atendimentos que foram registrados, além das obras que estão sendo executadas, como é o caso da ampliação do Centro de Terapia Intensiva (CTI):

Elias Diniz
eliasdiniz_intervencaohnsc1


Outra medida importante foi conseguir empresas parceiras e o apoio da população e dos funcionários da entidade de saúde. Entretanto, a prorrogação da intervenção dependerá de uma reunião entre o prefeito e membros da Irmandade:

Elias Diniz
eliasdiniz_intervencaohnsc2

Outra obra que já foi anunciada foi de ampliação do número de máquinas para a Hemodiálise. Além disso, também está no projeto a instalação do serviço de hemodinâmica no hospital de Pará de Minas.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!