Vereadores mantém lei obrigando vencedoras de licitações a emplacar veículos em Pará de Minas e votam 40 requerimentos

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


Na noite desta segunda-feira, 21 de agosto, foi realizada mais uma reunião Ordinária da Câmara Municipal de Pará de Minas. Em pauta seis projetos de lei que foram discutidos e votados pelo plenário, com participação dos dezessete vereadores.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

A primeira discussão foi o veto do prefeito Elias Diniz (PSD) ao de número 34/17 que dispõe sobre a obrigatoriedade de empresas vencedoras de licitações emplacarem seus veículos no município. Ele foi derrubado por 9 votos contra e 8 a favor.

O projeto 134/17 que altera a Lei Municipal 3.451/1997 com redação da Lei Municipal 5503/2013 que trata da criação do Conselho Municipal de Desenvolvimento Ambiental, teve o pedido de vistas feito pelo vereador Ênio Talma Ferreira de Rezende (PSDB).

A segunda matéria foi de número 17/17, de autoria do vereador Ênio Talma Ferreira de Rezende, que denomina a Rodovia Municipal Libério Teixeira dos Santos, foi aprovada. Trata-se da conhecida “Estrada do Caracol” que liga a Rodovia José Mônico ao bairro Dona Flor, em Pará de Minas. Em sua justificativa, o vereador caracterizou Libério Teixeira dos Santos como homem religioso, trabalhador rural, casado, pai de cinco filhos e ajudou muito no desenvolvimento da comunidade de Meireles, localizada na zona rural de Pará de Minas.

Em seguida foram aprovados: projeto 135/17 que altera a redação do artigo 15 da Lei Municipal 6.035/17 que dispõe sobre a constituição do Serviço de Inspeção Municipal (SIM) e os procedimentos de inspeção sanitária em estabelecimentos de produtos de origem animal.

Projeto 144/17 que altera a redação do artigo 4º da Lei Municipal 6057/2017 que autoriza o município a participar de consórcio público e ratifica a décima alteração do contrato da Instituição e Cooperação Intermunicipal de Médio Paraopeba (ICISMEP) para a adequada abertura de crédito especial.

Essa lei foi aprovada por 13 votos a favor e dois contra. O vereador Marcus Vinícius Rios Faria (PMDB), foi um dos que votaram contra e explica que tomou essa decisão devido ao grande número de denúncias contra o ICISMEP:

Marcus Vinícius Rios Faria
marcosvinicius_camara

O vereador Nilton Reis Lopes (PMDB) vai cobrar do prefeito Elias Diniz o cumprimento das várias promessas feitas durante a campanha eleitoral do final do ano passado. Ele informa que participará de uma reunião com o chefe do Poder Executivo Municipal em busca de respostas para suas reivindicações:

Nilton Reis Lopes
niltonreis_camara

Já o vereador Antônio Carlos dos Santos (PTB) se posicionou contra a obra de revitalização da rua Benedito Valadares. Ele alega que a verba de R$ 2,3 milhões conseguidas em Brasília não será suficiente e existem muitos bairros da cidade precisando de benfeitorias:

Antônio Carlos dos Santos
antoniocarlos_camara

Mário Justino da Silva (PRB), presidente da Câmara Municipal, elencou todas as proposituras analisadas, discutidas e votadas durante a reunião Ordinária. Para ele a reunião mais uma vez foi muito produtiva:

Mário Justino da Silva
mariojustino_camara

Durante a reunião da noite desta segunda (21) também foram votados e aprovados 40 requerimentos. Na próxima quarta-feira, 23 de agosto, a partir das 19 horas, será promovida uma audiência pública na sede do Poder Legislativo sobre a proteção dos animais. O evento faz parte da programação da 1ª Semana Municipal de Conscientização para Proteção Animal.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!