Estado não envia veneno do fumacê prejudicando combate ao Aedes aegypti em Pará de Minas

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

fumace_dengue_epidemia1
Há algumas semanas a Secretaria Municipal de Saúde intensificou em Pará de Minas o combate ao mosquito Aedes aegypti com a utilização do UBV Pesado, conhecido popularmente como fumacê.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

O Governo de Minas Gerais enviou uma moderna picape com todos os equipamentos e o inseticida que está sendo disperso pelo ar. O objetivo é exterminar os mosquitos na forma adulta e diminuir a proliferação da Dengue.

Além disso, os servidores do departamento em Vigilância em Saúde intensificaram as visitas às residências para eliminar os focos e os criadouros do inseto. Mutirões de limpeza também estão sendo realizados nos bairros.

Mas, a Secretaria de Estado da Saúde anunciou que havia acabado o estoque do veneno utilizado no fumacê. Para dificultar ainda mais a situação, os municípios não tem como adquirir o produto através de licitação.

O secretário municipal de Saúde Cléber de Faria Silva confirma a falta do inseticida em Pará de Minas. Ele lamenta a falha de planejamento por parte do Governo de MG, o que comprometeu a programação que havia sido elaborada:

Cléber de Faria Silva
clebfar_vnnfumc1

Ele explica que o produto é importado e custa caro no mercado. Esses fatores dificultam a aquisição pelos municípios através de processos licitatórios. Porém, esta é uma obrigação do Governo de Minas Gerais:

Cléber de Faria Silva
clebfar_vnnfumc2

O secretário aproveitou a oportunidade para agradecer a todos os servidores públicos da área da saúde que tem intensificado os trabalhos para combater a epidemia de dengue em Pará de Minas:

Cléber de Faria Silva
clebfar_vnnfumc3

O inseticida utilizado no UBV Pesado custa caro aos cofres públicos do Estado. A queda na arrecadação gerada pela crise financeira pode ser a justificativa para a falta no envio do produto para os municípios mineiros.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

Don`t copy text!