Secretária de Educação não comparece à Câmara Municipal e revolta professores que questionam o processo de designação

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


Durante reunião Ordinária da Câmara Municipal de Pará de Minas na noite desta segunda-feira, 20 de fevereiro, o processo de designação de professores da rede municipal voltou a ser motivo de polêmica e reclamações por parte dos profissionais.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Os educadores que disputaram as vagas e não foram contratados pela Secretaria Municipal de Educação para lecionar durante o ano de 2017 estavam aguardando uma explicação sobre o procedimento.

Devido a enxurrada de questionamentos, os vereadores convocaram a secretária municipal de Educação, Marluce de Souza Pinto Coelho. Porém, ela não compareceu e justificou a ausência através de um ofício.


De acordo com o documento redigido pelo Procurador Geral do Município, Júlio César de Oliveira, a secretária solicitou a ida ao Poder Legislativo na próxima reunião Ordinária, após o feriado de Carnaval.

Segundo o comunicado, as explicações a respeito do processo de designação necessitam de um estudo mais aprofundado e por isso é preciso analisar mais os detalhes para dar uma resposta conclusiva a todos os interessados.

A ausência da secretária municipal de Educação, revoltou os professores que lotaram o plenário da Câmara Municipal. A educadora Fernanda Flávia Silva acredita foi uma manobra para ganhar mais tempo. Ela considerou uma falta de respeito com todos que estão em busca de uma resposta:

Fernanda Flávia Silva
fernanda_flavia_cmr

A professora Júnia Fernandes de Oliveira também exige uma explicação clara do critério usado na classificação dos profissionais que foram contratados. Para ela o edital publicado não foi cumprido:

Júnia Fernandes de Oliveira
junia_fernandes_cmr

Após a reunião da noite desta segunda (20) que causou ainda mais indignação nos profissionais da Educação que questionam o processo de designação, para o qual a Prefeitura de Pará de Minas já se manifestou afirmando que todo o processo foi pautado pela legalidade e transparência, os vereadores e reunirão novamente nesta quarta-feira (22).

Na ocasião os dezessete vereadores se reunirão extraordinariamente para analisar um projeto do prefeito Elias Diniz (PSD) pedindo autorização para renegociar a dívida do Instituto de Previdência dos Servidores Públicos Municipais – Paraprev.

A próxima reunião Ordinária da Câmara Municipal está marcada para quinta-feira, dia 2 de março, às 18 horas. Nesta data, os professores que não foram designados para atuar na rede municipal de ensino esperam obter respostas para suas dúvidas, por parte da secretária municipal de Educação, Marluce de Souza Pinto Coelho.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!