Preocupado com mortes por febre amarela em MG e prefeito determina ações preventivas em Pará de Minas

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


A Secretaria de Estado da Saúde já confirmou 25 mortes por febre amarela em Minas Gerais. As mortes foram registradas nos municípios de Ladainha, Piedade de Caratinga, Ipanema, Malacacheta, Imbé de Minas, São Sebastião do Maranhão, Frei Gaspar, Itambacuri, Poté, Setubinha e Teófilo Otoni.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Existem mais de casos notificados da doença, entre confirmados e que evoluíram para o óbito. O restante dos casos estão sendo investigados pelas autoridades de saúde do estado.

A febre amarela é uma doença infecciosa grave, causada por vírus e transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, o mesmo que prolifera Dengue, Febre Chikungyna e o Zika Vírus.

A pessoa que contrai o vírus não chega a apresentar sintomas muito fortes. As primeiras manifestações da doença são repentinas: febre alta, calafrios, cansaço, dor de cabeça, dor muscular, náuseas e vômitos por cerca de três dias.

A forma mais grave da doença é rara e costuma aparecer após um breve período de bem-estar, quando pode ocorrer insuficiência hepática e renal. Os olhos e a pele ficam amarelados e pode haver manifestações hemorrágicas e cansaço intenso.

O prefeito de Pará de Minas, Elias Diniz (PSD), está acompanhando o avanço da doença em Minas Gerais. Ele afirma que desde o seu primeiro dia no comando do município vem tomando medidas cabíveis:


Elias Diniz
febreamarelaeliasdiniz1

O chefe do Poder Executivo Municipal explica que foi feito um levantamento de todos os paraminenses que tomaram a vacina nos últimos 10 anos. Ele também ressalta a importância de combater o mosquito:

Elias Diniz
febreamarelaeliasdiniz2

O Aedes aegypti deposita os ovos em água parada. Por isso é importante verificar constantemente se os reservatórios de água estão devidamente limpos e tampados para evitar a proliferação da doença através do mosquito.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!