Oficina de parentalidade provoca reflexões sobre o papel dos pais e a influência das decisões na vida dos filhos

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Pais e pessoas responsáveis participaram no sábado, 18 de maio, da 1ª Oficina de Parentalidade de Pará de Minas. A parceria entre Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) e Faculdade de Pará de Minas (Fapam) proporcionou a pais e responsáveis por crianças e adolescentes momentos para obter informações, aprender e refletir sobre o papel de cada um na vida do filho e como certas decisões influenciam negativamente no futuro destas crianças.

As palestras e bate-papos não tiveram cunho jurídico e sim psicológico, para ajudar até mesmo pais que não estão em processo de separação. O objetivo é evitar conflitos futuros.

Na primeira edição do evento em Pará de Minas 24 pessoas participaram e a expectativa é que a oficina se torne constante.

A juíza e diretora do Foro da Comarca de Pará de Minas, Herilene de Oliveira Andrade, afirma que a expectativa agora é que as oficinas se tornem rotineiras em Pará de Minas com o único objetivo de ajudar pais na criação dos filhos e evitar possíveis judicializações:


Herilene de Oliveira Andrade
herileneoficina1

Foram quatro horas de reflexão e a expectativa é que os participantes tenham saído da oficina com novos olhares para as questões do dia a dia.

Herilene de Oliveira Andrade espera que nas próximas edições as crianças e os adolescentes também possam participar para uma troca de experiências e diálogo:

Herilene de Oliveira Andrade
herileneoficina2

Quem quiser informações sobre as próximas oficinas pode procurar o Fórum Desembargador Pedro Nestor, de segunda a sexta-feira, de 12 às 18 horas.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

Don`t copy text!