Mais de 400 profissionais das Apaes discutem a formação de autodefensores, por videoconferência

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

videoconferencia_apae
O Programa Escola de Formação de Autodefensores, desenvolvido pela Federação das Apaes do Estado de Minas Gerais (Feapaes-MG) foi abordado em uma videoconferência realizada nesta terça-feira (19), na sede da Universidade Aberta e Integrada e Integrada (UAITEC) de Pará de Minas.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

A videoconferência foi transmitida para 52 municípios mineiros. O projeto contempla uma escola para pessoas com deficiência intelectual e múltipla. A meta é auxiliar no desenvolvimento psicossocial.

Também será trabalhada a ampliação do conhecimento sobre os direitos das pessoas com deficiência. Atualmente são 120 Apaes que desenvolvem o programa, e mais de 340 pessoas com deficiência intelectual e múltipla se formaram.

Sérgio Sampaio Bezerra, presidente da Apae de Pará de Minas, fez uma análise muito positiva do encontro com todos os envolvidos no processo de auxiliar as pessoas com deficiência intelectual a conseguir mais autonomia:
sergsamp_defrs

Sérgio Sampaio Bezerra
sergsamp_defrs

Brenda Suelen Aparecida Lélis, de 16 anos, participou da Escola de Autodefensores. Ela garante que aprendeu muito sobre seus direitos e agora quer ajudar outros a ser mais independentes:
brendsl_defrs

Brenda Suelen Aparecida Lelis
brendsl_defrs

Para o deputado federal e presidente da Feapaes-MG, Eduardo Barbosa, a troca de informações foi extremamente positiva e surpreendente. De acordo com ele muitos alunos apresentaram o desejo de trabalho até mesmo com a agricultura:
edbarbosa_defrs

Eduardo Barbosa
edbarbosa_defrs

Aproximadamente 431 pessoas de 89 Apaes de Minas Gerais participaram da videoconferência e conversa com o presidente da Federação das Apaes de Minas e gerais e deputado federal Eduardo Barbosa.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!