Nova placa Mercosul entra em vigor com mudanças; proprietário deverá comparecer mais vezes ao Detran

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Após ser prorrogada por meses, começou a valer em Minas Gerais a nova placa Mercosul. Agora os veículos brasileiros terão a placa igual da Argentina, Paraguai, Uruguai e Venezuela. O objetivo da implantação é facilitar a circulação de veículos entre os países do grupo Mercado Comum do Sul (Mercosul).

As novas regras foram estipuladas em maio de 2018 pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) mas faltava os fabricantes de placas se adequarem e principalmente os Departamentos de Trânsito dos estados (Detran).

Mesmo com a data prevista para esta semana, o Detran de Minas Gerais atrasou para colocar o sistema em funcionamento e somente na terça-feira (18) voltou a funcionar.

A nova placa adota um padrão bem diferente do utilizado no país. Ela tem fundo branco e uma tarja azul na parte superior, onde vem o nome do país, o emblema do Mercosul e a bandeira do Brasil. Logo abaixo há o número da placa, com uma combinação de três letras, um número, uma letra e dois números. Há ainda um código que pode ser lido pela câmera de smartphone e traz informações sobre o veículo. Toda a placa tem uma marca d’água que ajuda a evitar falsificações.

Tanto as fábricas de placas como os departamentos de trânsito estão em processo de adequação às novas regras e ainda existem muitas dúvidas, principalmente dos proprietários de veículos.

Uma das mudanças é que agora a placa não é mais colocada no pátio do Detran, e sim na própria fábrica onde o proprietário do veículo adquiriu a placa, como explica o delegado regional Carlos Henrique Gomes Bueno:

Carlos Henrique Gomes Bueno
carloshenrinovasplac1


Outra mudança é que, por enquanto, o proprietário do veículo terá que ir mais vezes ao Detran. O delegado explica como funciona todas as etapas a partir de agora:

Carlos Henrique Gomes Bueno
carloshenrinovasplac2

As placas se tornam obrigatórias para carros novos e em situações que exijam a troca, como mudança de município e quando o item é danificado ou furtado. Quem já tem o veículo com a placa antiga não precisa se preocupar, somente quando for mudar a propriedade ou a tarja, é que o modelo Mercosul deve ser adquirido.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

Don`t copy text!