Bancada do PSDB também requisita documentação de denúncias feitas por ex-secretário e promete providências

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


As denúncias apresentadas pelo ex-secretário municipal de Gestão Pública, Fernando Antônio do Amaral, o Timbé, na terça-feira, 17 de outubro, agitaram o meio político de Pará de Minas durante esta quarta-feira (18).

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Treze dos dezessete vereadores se reuniram na Câmara Municipal durante à tarde para elaborar um requerimento solicitando a documentação de todas as denúncias apresentadas pelo ex-membro da atual gestão.

Os vereadores analisarão todos os fatos apresentados nas Comissões Permanentes e apresentarão os devidos pareceres. Após a conclusão dos trabalhos será votada a criação ou não de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar tudo.


Por volta das 18 horas desta quarta (18) a bancada do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) também se reuniu na sede do Poder Legislativo Municipal para tratar das questões levantadas.

O presidente do diretório municipal do PSDB, Alexandre Pinto Coelho Keuffer, ressalta que todos os fatos apresentados serão verificados e caso sejam comprovadas irregularidades, decidir quais providência serão tomadas:

Alexandre Pinto Coelho Keuffer
reuniaopsdbalexandre

O vereador Ênio Talma Ferreira de Rezende, líder da bancada do PSDB na Câmara Municipal, disse que já vinha alertando a prefeitura sobre nepotismo e pagamento de horas extras. Agora tudo veio à tona para ser analisado, podendo chegar a uma CPI:

Ênio Talma Ferreira de Rezende
reuniaopsdbeniotalma

O ex-secretário Timbé também afirmou que encaminhará todas as documentações sobre as irregularidades para o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) na Comarca de Pará de Minas.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!