Diagnóstico tardio de doença silenciosa pode causar cegueira, afirma especialista

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

helenhln_glauc
O glaucoma é uma doença ocular capaz de causar cegueira se não for tratada a tempo. Cerca de 80% dos casos da patologia não apresentam sintomas no início e por isso é preciso tomar os devidos cuidados.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Trata-se de uma doença crônica que não tem cura e na maioria dos casos pode ser controlada com tratamento adequado e contínuo. Quanto mais precoce o diagnóstico, maiores as chances de evitar a perda de visão.

O recomendável é consultar seu oftalmologista pelo menos uma vez ao ano. O especialista solicitará diversos exames que poderão diagnosticar o glaucoma, tais como: exame do fundo do olho, medida da pressão intra-ocular e exame de campo visual.

Qualquer pessoa pode ser acometida pelo glaucoma, mas a enfermidade é mais comum em negros, parentes de portadores de glaucoma, idosos, portadores de alta miopia, usuários crônicos de colírios com corticoides e diabéticos.

O glaucoma não tem cura, porém tem controle. Por isso é importante um ideal e que melhor proporcione o controle da doença, resultando na ausência de progressão. Isso pode ser feito através de colírios, laser ou cirurgias.

A oftalmologista Helena Holanda Santos, especialista em Glaucoma, explica que a doença não apresenta sintomas e quando é diagnosticada já está em estágio avançado. Por isso é importante as pessoas ficarem atentas:

Helena Holanda Santos
helenhln_glauc1

Ela explica que durante o processo de investigação da patologia são solicitados diversos exames. Também são realizados vários procedimentos para que o diagnóstico seja totalmente preciso e confiável:

Helena Holanda Santos
helenhln_glauc2

A médica disse ainda que o objetivo do tratamento do Glaucoma é diminuir os efeitos na visão. Desta forma a perda é reduzida e garante uma qualidade de vida do portador da doença nos olhos:

Helena Holanda Santos
helenhln_glauc3

Os colírios usados no tratamento do glaucoma têm dois mecanismos de ação: ou diminuem a produção ou aumentam a drenagem do líquido que circula dentro do olho, com o objetivo de baixar a pressão intra-ocular.

A oftalmologista Helena Holanda Santos atende no Centro Especializado em Oftalmologia (CEO), localizado na rua Capitão Teixeira, 415, bairro Nossa Senhora das Graças, em Pará de Minas. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (37)3237-4600 ou AQUI.

ceo_banner_tratamentos

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!