Placas padrão Mercosul devem ser comercializadas em Minas Gerais a partir de outubro, afirma presidente da AFAPEMG

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Dia 31 de janeiro de 2020. Esta é a data estipulada pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) para que os estados brasileiros adotem o novo sistema de placas de identificação de veículos.

Atualmente, sete estados oferecem a placa padrão Mercosul, em mais de 959.700 veículos.

Precisam comprar a nova placa, proprietários que irão emplacar pela primeira vez o veículo, transferir de titularidade, trocar o município ou caso a placa esteja danificada.

De acordo com a Associação Mineira dos Estampadores de Placas Veiculares (AFAPEMG) atualmente são cerca de 480 empresas credenciadas no estado para fazer o serviço e todas já estão de acordo com as normas. O atraso se deve pela dificuldade em integrar o banco de dados do Departamento de Trânsito (Detran) à base nacional de informações.

De acordo com o presidente da AFAPEMG, Altemiro de Almeida, a expectativa é que em outubro as placas comecem a ser comercializadas em Minas Gerais:

Altemiro de Almeida
altemirnovasplac1


A resolução publicada pelo Contran também altera a placa. Permanecerá o sistema de identificação por Qrcode que armazena informações como o fornecedor da matéria prima, a estampadora que comercializou a placa e dados do veículo. O lacre será substituído pelo Qrcode, o que não será mais necessária instalação. Outras mudanças também estão previstas:

Altemiro de Almeida
altemirnovasplac2

Altemiro de Almeida destaca as vantagens da nova placa e entre as principais está a segurança para o proprietário:

Altemiro de Almeida
altemirnovasplac3

Como as estampadoras já investiram um alto valor na compra de máquinas e matéria-prima para a confecção das placas e o Contran mudou novamente o modelo, a resolução 780/2019 diz que as fábricas poderão confeccionar o padrão anterior até o fim de seus estoques para evitar prejuízos.

O proprietário de veículo que possui a placa Mercosul antiga também não precisa se preocupar. Ela será aceita normalmente.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

Don`t copy text!