Vereadores paraminenses não votam nenhum projeto e criticam legislação eleitoral

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Os vereadores paraminenses se encontraram na noite desta segunda-feira, 16 de novembro, para mais uma reunião plenária. Dos 17 representantes do povo no Legislativo, quatro não compareceram ao encontro semanal, sendo Marcílio Magela de Souza (MDB), Rodrigo Varela (PSDB), Mário Justino (Republicanos) e Ênio Talma Ferreira (PSDB).

Em pauta alguns requerimentos e quatro projetos de lei. O de número 25 dá nova redação a um dos capítulos do Plano Diretor Municipal; o 26/2020 altera outro capítulo também do Plano; de número 27/2020 muda um dos anexos do Plano e do Zoneamento de Vias Públicas; e o 127/2020 autoriza o Poder Executivo a proceder amortização do débito atuarial junto ao Regime Próprio da Previdência Social (RPPS). Os quatro projetos tiveram pedido de vistas do vereador Daniel Melo (SD).

Durante a reunião que foi rápida, durando cerca de uma hora, alguns vereadores usaram o tempo de tribuna para agradecer e também fazer críticas à eleição que ocorreu no domingo (15).

Dilhermando Rodrigues Filho (PSDB) questionou a legislação eleitoral, dizendo que muitos fiscais fizeram boca de urna nas seções do bairro Santos Dumont:


Dilhermando Rodrigues Filho

dilhermandoreuniao161120

Marcus Vinícius Rios Faria (MDB) não foi reeleito para o próximo mandato mas deixa um recado a todos os novos vereadores:


Marcus Vinícius Rios Faria

marcusvreuniao161120

Leandro Almeida Ferreira (PV) assumiu a presidência da reunião devido a falta de Marcílio Magela. Ele justificou alguns vereadores não terem comparecido e destacou que nenhum projeto foi votado, porém há muitos em análise:


Leandro Alves

leandroreuniao161120

As reuniões da Câmara Municipal de Pará de Minas acontecem toda segunda-feira a partir das 18 horas no Plenário do Legislativo paraminense.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!