Câmara Municipal recebe novas denúncias contra a gestão municipal. Comissão Especial deve apurar os fatos

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


Os vereadores paraminenses participaram da reunião Ordinária semanal da Câmara Municipal nesta segunda-feira, 16 de abril. Os trabalhos foram abertos pela Mesa Diretora e suspensos pouco depois.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

O presidente da Câmara Municipal, Marcus Vinícius Rios Faria (MDB), convocou todos os parlamentares para uma reunião a portas fechadas no Plenarinho. O encontro durou cerca de duas horas.


Ao retornar o plenário, a reunião foi encerrada. Mas antes foi esclarecido que o Poder Legislativo recebeu novas denúncias contra a administração municipal.

As informações foram apresentadas pelo vereador Dilhermando Rodrigues Filho (PSDB). São seis denúncias de atos praticados pelo chefe do Poder Executivo e alguns membros de sua gestão.

Marcus Vinícius Rios Faria, presidente da Casa, o único que falou após o término da reunião, disse que foi seguido o rito do Decreto 201 de 1967. Foram convocados todos os vereadores e o suplente do vereador Dilhermando Rodrigues Filho.


Porém, o denunciante pediu para que a reunião fosse cancelada. Os vereadores deverão estudar as novas denúncias para votar a favor ou contra o pedido de abertura de Comissão Processante (CEP) ou de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI):

Marcus Vinícius Rios Faria
novasdenunciasmarcusvinicius1

De acordo com Marcus Vinícius Rios Faria seriam irregularidades em licitações e em créditos suplementares. Foram apresentadas 357 páginas de denúncias e com provas contundentes. Uma Comissão Especial deverá ser formada para apurar:


Marcus Vinícius Rios Faria
novasdenunciasmarcusvinicius2

Não foram especificadas as possíveis irregularidades cometidas pelo Poder Executivo. Caso seja constatado o descumprimento de alguma norma legal, o prefeito poderá ter o pedido de cassação de seu mandato:

Marcus Vinícius Rios Faria
novasdenunciasmarcusvinicius3

Uma reunião extraordinária será convocada para esta semana e os vereadores votarão a formação da CEP ou CPI. A expectativa é de que a decisão deverá ser tomada até a próxima sexta-feira, 20 de abril.

Vale lembrar que outras denúncias foram apresentadas pelo ex-secretário municipal de Gestão Pública, Fernando Antônio do Amaral, o Timbé. Em parte delas foram comprovadas irregularidades pelos vereadores e um relatório foi encaminhado ao Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) para que sejam tomadas as providências.

A reportagem do Portal GRNEWS aguarda um parecer da Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Pará de Minas sobre o assunto, uma vez que, não foi possível ouvir nenhum integrante da administração municipal até esta publicação.

Na manhã desta terça-feira, 17 de abril, a redação do Portal GRNEWS recebeu um comunicado da Prefeitura de Pará de Minas sobre o assunto discutido durante reunião fechada realizada pelos vereadores na noite de segunda (16).

Veja íntegra do comunicado.

“A administração municipal informa que até o momento não foi oficiada pela Câmara Municipal e que somente se manifestará sobre o assunto após o conhecimento formal do completo teor das acusações.

A gestão municipal reitera seu compromisso de promover a gestão dos recursos públicos em favor da melhoria da qualidade de vida da população, a partir de realizações em todas as áreas, com probidade administrativa e transparência.

Prefeitura de Pará de Minas
Assessoria de Comunicação Institucional”

Atualizada em 17/04/2018 as 10h51.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!