Polícia Militar de Meio Ambiente flagra extração ilegal de argila em propriedade rural

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Na manhã desta quinta-feira (16), uma equipe do 3º Grupamento da Polícia Militar de Meio Ambiente foi até uma propriedade rural na zona rural de Antunes, no município de Igaratinga. Várias denúncias anônimas informaram que havia uma extração ilegal de argila em um terreno. Ao chegarem ao local, a PM encontrou uma escavadeira hidráulica trabalhando.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter


O equipamento era utilizado na extração de barro que era comercializado para as cerâmicas que funcionam na região. A argila é uma matéria-prima essencial na fabricação de tijolos e telhas. Sargento Wagner Patrício Gomes, da Polícia Militar de Meio Ambiente, informou que as denúncias de extração ilegal de argila eram feitas desde a última terça-feira (14). A fiscalização tomou todas as providências legais e os envolvidos foram conduzidos à Delegacia Regional da Polícia Civil em Pará de Minas:


Sargento Wagner Patrício Gomes
extracaodeargilawagnerpatriciogomes1

O militar ressalta que os donos de terrenos estão sendo orientados a fazer lagoas para retenção de água das chuvas e reabastecimento dos lençóis freáticos, porém os trabalhos devem ser feitos de forma legalizada, com autorização dos órgãos ambientais. O barro retirado desse trabalho também depende de licença dos órgãos competentes para ser comercializado para as empresas:

Sargento Wagner Patrício Gomes
extracaodeargilawagnerpatriciogomes2

Vicente Olavo da Silva de 62 anos, é proprietário da área onde o material estava sendo extraído. Ele disse que foi aconselhado a construir uma lagoa para criar peixes, mas não procurou auxílio ambiental e quando surgiu a argila ela também passou a ser retirada sem licença:


Vicente Olavo da Silva
extracaodeargilavicenteolavodasilva

O operador da máquina e o proprietário do terreno foram autuados e pagarão multa. A penalidade por extração ilegal de areia e argila pode chegar a R$120 mil, dependendo do tamanho do empreendimento.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!