Conselho Municipal de Saúde quer acabar com jogo de empurra e manter UBS em horário estendido nos bairros

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

No fim do mês de agosto a redação do Portal GRNEWS recebeu várias reclamações de usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Uma mulher se queixou ter marcado na Unidade Básica de Saúde (UBS) onde é referenciada uma consulta para solicitar a receita do remédio contínuo. No dia ela estava doente e pediu ao médico para que a examinasse. A surpresa dela foi com a resposta do profissional, que disse não, pois a consulta era apenas para ele assinar a receita.

Outro questionamento veio de um homem. Ele disse que passou mal e foi até a UBS. Lá o médico não quis atende-lo, pois as fichas do dia já haviam acabado. Disseram que ele procurasse a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e após espera recebeu outro questionamento do médico, pois o caso dele era para ser tratado no posto do bairro (de onde ele tinha acabado de sair) e não uma situação de urgência ou emergência.

As indagações dos paraminenses foram levadas ao vereador Ênio Talma Ferreira de Resende (PSDB) que é o presidente da Comissão de Saúde da Câmara. À época ele ficou surpreso com as falas dos usuários do SUS e defendeu que os profissionais devem atender quem chega à UBS.

Já o secretário municipal de Saúde Paulo Duarte disse que nem sempre o paciente precisa ser atendido pelo médico. Há outros profissionais que podem resolver o problema.

Após a reportagem do Portal GRNEWS ser alertada pelos leitores que os problemas continuam, os casos foram levados ao Conselho Municipal de Saúde. O presidente Flávio Medina Neto já sabia de algumas situações parecidas como as relatadas e garante que está conversando diretamente com o secretário da pasta e funcionários do setor. Ele acrescenta algumas mudanças que serão feitas em breve:


Flávio Medina Neto
flaviomedinareclama1

Flávio Medina Neto confirma ainda que as conversas estão adiantadas para ampliar os horários de atendimento das Unidades Básicas de Saúde (UBS). Isso vai ajudar quem trabalha de 8 às 18 horas:

Flávio Medina Neto
flaviomedinareclama2

O Conselho Municipal de Saúde é também o porta-voz da população nestas questões. Portanto se há alguma reclamação ou sugestão, basta ligar no (37) 3236-3297.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

Don`t copy text!