Bombeiros reforçam orientações para evitar afogamentos nos balneários durante o verão

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Verão é tempo de muito calor e nesta época natural que as pessoas procurem lagoas, rios, cachoeiras e piscinas para se refrescarem. Até aí tudo bem. O problema é que alguns não medem os riscos de afogamento e podem até perder suas vidas por imprudência.

Sobre este assunto o Portal GRNEWS publicou orientações do Pelotão do Corpo de Bombeiros Militar de Pará de Minas no dia 1º de Janeiro de 2019. Na ocasião o tenente Cleyton Batista de Jesus alertou para os riscos e repassou dicas de segurança para os banhistas, como conhecer detalhadamente o local antes de mergulhar e nadar, especialmente em rios.

Mas à medida que o calor aumenta, começam a surgir casos de afogamentos. Na tarde de sábado, 12 de Janeiro, dois foram registrados por equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) no município de Carmo do Cajuru.

Uma das vítimas era um homem de 34 anos, que se afogou e foi levado para a sala vermelha do Complexo de Saúde São João de Deus em estado grave. A outra, também homem de 32 anos se afogou na Cachoeira do Tupi, e foi transferido de Carmo do Cajuru para o Complexo de Saúde São João de Deus e Divinópolis em estado grave.

Diante desses casos ocorridos na região, nesta terça (15) o comandante do Pelotão do Corpo de Bombeiros em Pará de Minas tenente Cleyton Batista de Jesus reforçou os cuidados para que a diversão não se transforme em tragédia nos balneários:


Tenente Cleyton Batista de Jesus
tenentecleytonafoga1

Quando for entrar na água a pessoa precisa conhecer bem o local para minimizar os riscos de afogamentos. Ocorre que a maioria relaxa e pensa que nunca vai acontecer com ela:

Tenente Cleyton Batista de Jesus
tenentecleytonafoga2

Outra situação que o militar do Corpo de Bombeiros faz questão de reforçar é para que ninguém tente salvar outra pessoa que estiver afogando. Na maioria desses casos os dois acabam morrendo. O salvamento deve ser feito por quem é preparado para esse tipo de ação:

Tenente Cleyton Batista de Jesus
tenentecleytonafoga3

Em caso de afogamento é importante acionar a equipe de resgate do Corpo de Bombeiros Militares pelo telefone 193 ou socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) pelo 192.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!