Tempo frio diminui trânsito de motocicletas e reduz acidentes em Pará de Minas

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


O trânsito no Brasil é um dos mais violentos do mundo. As estatísticas mostram que o país é campeão em acidentes envolvendo carretas, caminhões, carros, motos, entre outros modelos de veículos automotores.

As falhas mecânicas são causadoras de apenas 1% das tragédias nas vias. O grande problema ainda continua sendo a imprudência e o desrespeito aos limites impostos pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Outro fator que pode gerar acidentes é a falta de perícia ao conduzir um veículo, principalmente em rodovias e vias de trânsito rápido das grandes cidades. Por isso é importante ter muita atenção para evitar dissabores.

Em Pará de Minas a frota de motocicletas chega a aproximadamente 23 mil. Em um município com 92 mil habitantes, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBG), esses números impressionam.

Por isso a importância de respeitar as normas de circulação, ter educação e praticar a direção defensiva. Os paraminenses agora contam com uma melhor assistência de resgate as vítimas de acidentes de trânsito.

As ocorrências são atendidas pelo Corpo de Bombeiros, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e a equipe de resgate voluntário do Anjos do Asfalto.
Marcos Campolina, coordenador do grupo de resgate voluntário Anjos do Asfalto, explica que a queda no número de acidentes de moto nesta época do ano ocorre por causa do frio. Muitos condutores deixam de sair nos veículos:


Marcos Campolina
acidentesmotomarcoscampolina1

A avenida Presidente Vargas é um dos principais corredores da cidade e a velocidade que os motoristas trafegam nela é impressionante. É praticamente uma rodovia dentro do perímetro urbano e com alto risco de acidentes:

Marcos Campolina
acidentesmotomarcoscampolina2

Os motociclistas devem se conscientizar de que em caso de acidentes eles são os maiores prejudicados. O condutor está com o corpo muito exposto e pode sofrer diversos traumas, perda de membros e até mesmo morrer dependendo da batida.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE