Pará de Minas contrata médicos para atender em três Unidades Básicas de Saúde, diz secretario

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Após a saída de quatro médicos cubanos que atendiam nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Pará de Minas, os postos dos bairros Grão Pará, Belvedere, São Paulo e Nossa Senhora de Fátima ficaram sem atendimento profissionalizado. Depois disso outras unidades ficaram sem médico, com a do bairro Padre Libério.

Na época, o secretário municipal de Saúde Paulo Duarte, disse ao Portal GRNEWS que todas as providências seriam tomadas, incluindo a adoção do protocolo de períodos de férias e a população não ficaria desassistida.

O Concurso Público que havia sido realizado em junho de 2018 e nele estavam incluídas vagas para clínicos e especialistas travou a contratação de profissionais que não fizeram a prova. Com isso só poderiam ser chamados os aprovados no concurso.

Eles foram convocados, mas a situação permaneceu. É que segundo a Secretaria Municipal de Saúde a burocracia atrapalhou a contratação imediata.  Há prazos para aceitar a proposta, enviar a documentação, fazer os exames de admissão e caso dê tudo certo, instalarem em Pará de Minas.

Já o presidente do Conselho Municipal de Saúde Flávio Medina Neto, disse em entrevista ao Portal GRNEWS. que o médico vive hoje um verdadeiro leilão, quem paga mais e oferece menos tempo de trabalho, leva o profissional para sua cidade. E não é o que acontece no município.

Com isso quem sai perdendo são os paraminenses, que continuam procurando os vereadores para tentar resolver a situação. Nas reuniões semanas na Câmara o assunto sempre entra em pauta mas nada foi feito até agora.

Após várias convocações e espera de prazos estipulados em lei, nesta semana dois bairros e um distrito voltaram ao normal. As UBS dos bairros Providência e Alto Santos Dumont e do distrito de Torneiros receberam novos profissionais. Com isso, o secretário municipal de Saúde acredita que a situação nestes locais deve ser normalizada:


Paulo Duarte
pauloduartemedicos

Não há previsão para regularizar a situação das outras unidades. As vagas foram anunciadas, os currículos enviados, a Secretaria Municipal de Saúde analisou e chamou dois profissionais. Esses médicos agora têm um prazo para responder a solicitação da Prefeitura e se aceitarem, começam a trabalhar no município.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!