Mutirão de limpeza retira 18 caminhões de lixo e entulho nos bairros Recanto da Lagoa e Santa Edwiges

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


A Secretaria Municipal de Saúde divulgou na semana passada o resultado do último Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypt (LIRAa). Os números foram muito positivos e mostram o resultado do bom trabalho realizado.

A pesquisa apontou um índice de infestação do mosquito transmissor da dengue de 1,3%. Foram visitados 1750 imóveis entre os dias 30 de julho e 3 de agosto. Isso significa um risco médio de epidemia, conforme critério adotado pelo Ministério da Saúde.

A região dos bairros Santa Edwiges e Recanto da Lagoa foi à segunda com o maior índice. O grande problema é que a maioria dos focos do inseto está dentro das residências, em ralinhos de banheiros e duchas e até em reservatórios de degelo das geladeiras.

A partir dessas informações foram traçadas estratégias para eliminar os reservatórios de água parada. No último sábado foi realizado um Mutirão de Limpeza no bairro Recanto da Lagoa.

Equipes da Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura também ajudaram com máquinas e caminhões para remoção de entulhos. A força-tarefa fez uma grande limpeza na localidade e teve o apoio dos moradores.

Wander da Silva Rodrigues, diretor do Departamento de Vigilância em Saúde, informa que a população aderiu à iniciativa do poder público municipal. Foram recolhidos 18 caminhões de possíveis criadouros do Aedes Aegypti.

Caso os moradores precisem fazer algum descarte, eles devem entrar em contato com o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ). Os paraminenses precisam colaborar nesta guerra contra as endemias:


Wander da Silva Rodrigues
balancomutiraowanderrodrigues

O CCZ São Francisco de Assis está localizado na Estrada dos Costas, atrás do Parque de Exposições Francisco Olivé Diniz, no bairro Papa João Paulo II, de segunda a sexta-feira. O telefone de contato: (37) 3231-7817.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE