Prefeitura pede doação de tecido e ajuda de costureiras voluntárias para produzir máscaras para famílias carentes

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Entre as principais formas de prevenção ao novo coronavírus está o uso de máscaras. Elas protegem como uma barreira na propagação do vírus. Em muitas farmácias o estoque já acabou e outras lojas, especializadas em vários tipos de produtos, passaram a vender, como forma de ajudar a população e também ter uma renda extra.

Em tempos de pandemia, muita gente também decidiu lucrar e fazer um dinheirinho extra, confeccionando as máscaras de tecido, que também protegem como já anunciou o Ministério da Saúde.

Mas nem todos tem talento para confeccionar máscaras ou dinheiro para comprar, e por isso a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social de Pará de Minas lançou recentemente uma campanha para confeccionar o produto.

Segundo o secretário Flávio Medina Neto, costureiras paraminenses podem ser voluntárias no projeto que pretende beneficiar famílias de baixa renda na cidade. Ale explica que os materiais para confecção das máscaras também poderão ser doados para ajudar as famílias:

Flávio Medina Neto
flaviomedmascaraprot1


Caso cheguem as doações de tecidos e as costureiras se apresentem para confeccionar como voluntárias, as máscaras que porventura vierem a ser produzidas serão entregues as famílias cadastradas nos Centros de Referência em Assistência Social (CRAS) localizado nos bairros de Pará de Minas:

Flávio Medina Neto
flaviomedmascaraprot2

Quem quiser e puder ajudar, pode ligar na Assistência e Desenvolvimento Social no telefone (37) 3233-5900. A Secretaria aceita doações de tecidos, aviamentos e máscaras prontas e também está fazendo o cadastro de costureiras que possam ajudar na campanha.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!