Projeto de construção de novo cemitério em Pará de Minas ainda está na fase de estudos

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

ceminterio_finados2
No dia 26 de maio de 2014, a Câmara Municipal de Pará de Minas aprovou um projeto de lei autorizando o município a firmar uma Parceria Público Privado (PPP) visando a construção de um novo cemitério no município.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Em seguida a prefeitura adquiriu um terreno no bairro Nossa Senhora de Fátima, onde existiu no passado um depósito de escórias da siderurgia. Metade da área que tem 85 mil metros será usada para os sepultamentos.

O restante do espaço deverá ser utilizado como aterro municipal. Em janeiro de 2015 o prefeito Antônio Júlio de Faria e o então secretário municipal de Desenvolvimento Urbano, Jurandyr de Faria Leitão, anunciaram o pagamento do terreno.

Em abril de 2015 Antônio Júlio de Faria disse em entrevista ao Portal GRNEWS que o novo cemitério precisava ser construído com urgência e seria repassado para a iniciativa privada.

Na sexta-feira (11), quase um ano após a declaração do prefeito sobre a urgência da obra, a secretária municipal de Desenvolvimento Urbano, Ana Carla de Oliveira, falou sobre o assunto novamente.

Porém, ela se limitou a dizer que o projeto ainda está fase do estudo de viabilidade econômica e não existe uma data para que as obras do novo cemitério sejam iniciadas:
ancarl_trlamp

Ana Carla Oliveira
ancarla_cmntr

No dia 14 de agosto de 2015 o prefeito Antônio Júlio de Faria e o vice-prefeito Geraldo Magela de Almeida, estiveram na Câmara Municipal e protocolaram um projeto pedindo autorização ao Poder Legislativo para firmar a PPP.

O chefe do Poder Executivo Municipal disse à época que todos os projetos estavam prontos e só dependiam de uma autorização dos vereadores para que fosse executado.

Enquanto isso o Cemitério Santo Antônio, o único para sepultamentos em Pará de Minas, há anos vem dando sinais de que não atenderá a demanda em curto prazo.

Para suportar por mais um tempo, todos os espaços entre sepulturas antigas estão sendo utilizados para construção de novas, enquanto o projeto do novo cemitério não sai do papel.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!