Morre Gato-mourisco atropelado e resgatado na região de Matinha

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

gato_mourisco1
No dia 28 de junho a Polícia Militar de Meio Ambiente resgatou na comunidade de Matinha, localizada na zona Sul de Pará de Minas, um Gato-mourisco, também conhecido como Jaguarandi. A espécie é rara e está entrando em processo de extinção.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Trata-se do quarto maior felino da fauna brasileira, ficando atrás da onça pintada, a onça parda e a jaguatirica. O animal apresentava ferimentos nas patas e foi encaminhado para o tratamento em uma clínica veterinária.

Segundo informações o gato havia sido vítima de um atropelamento e sofreu lesões no cérebro. Apesar de todos os esforços dos veterinários, o felino não suportou os ferimentos e morreu.

idael_christiano_de_Almeida_Santa_Rosa240516
O médico-veterinário Idael Crhistiano de Almeida Santa Rosa lamentou a perda de um animal cada vez mais raro na região. Ele explica que havia uma grande expectativa de recuperar o gato e devolvê-lo ao seu habitat natural:

Idael Crhistiano de Almeida Santa Rosa
mgmidaelsantarosa1

O profissional explicou que ao ser medicado o Gato-mourisco teve uma leve melhora durante os cinco dias em que foi submetido ao tratamento. Porém, ele não reagiu e acabou morrendo:

Idael Crhistiano de Almeida Santa Rosa
mgmidaelsantarosa2

Vale lembrar que o condutor de veículo que atropelar e matar animais podem ser responsabilizados pelo crime. No caso das rodovias onde ocorre a cobrança de pedágio, as empresas concessionárias devem dar toda a assistência e fazer a remoção dos bichos.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

Don`t copy text!