Apenas duas granjas avícolas de Pará de Minas cumpriram novas normas de biossegurança do IMA

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

frango_asinha
Devem ser registradas no Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), as granjas de frango, peru de corte e de galinha de postura, além dos estabelecimentos de criação de outras aves como codorna e faisão, destinadas à produção de carne e ovos para consumo humano.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

O procedimento é obrigatório conforme determina a Portaria 1.555 do IMA, de 15/12/2015. O estabelecimentos avícolas terão que adotar de medidas de biosseguridade para a prevenção contra o vírus influenza.

Entre as medidas, consta a instalação de telas anti-pássaros nos galpões de criação; cercas que impeçam a entrada de outros animais no núcleo de criação; restrição e controle da entrada de pessoas alheias ao processo de produção; desinfecção de veículos na entrada e saída dos estabelecimentos, assim como controle do trânsito destes veículos e o uso de roupas limpas pelos funcionários.

A gripe traz graves prejuízos econômicos para os produtores, pois aves contaminadas com o vírus devem ser exterminadas junto com todo o respectivo plantel, o que prejudica também o fornecimento de produtos como a carne de frango e os ovos para os consumidores.

Em recente visita a Pará de Minas, o secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, João Cruz Reis Filho, afirmou que nenhuma propriedade havia cumprido as etapas do registro determinadas pelo IMA.

Lucas Silva Jardim, chefe do escritório do IMA em Pará de Minas, confirmou a informação. Segundo ele, os processos estão em andamento porque muitas granjas já cumpriram parte das exigências e faltam apenas alguns detalhes:
lucslvjrd_grjs

Lucas Silva Jardim
lucslvjrd_grjs1

Ele explica que as diversas adequações são muito caras para os produtores de aves. Outra dificuldade é em relação ao grande volume de serviço e a escassez de servidores para dar celeridade aos processos:

Lucas Silva Jardim
lucslvjrd_grjs2

Além de ser uma doença que provoca alta mortalidade em aves, causando prejuízos financeiros para o produtor e para o consumidor, a gripe é também uma grave zoonose que pode ser transmitida para o homem. A ocorrência da doença em determinada região fecha o respectivo mercado para exportação.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

Don`t copy text!