Preocupadas com casos de AIDS em Pará de Minas, empresas e Saúde promovem palestras preventivas

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

marina_saraiva_almeida110216
A Secretaria Municipal de Saúde de Pará de Minas vem realizando um trabalho de combate a transmissão do vírus da Síndrome de Imunodeficiência Adquirida – conhecida mundialmente pela sigla inglesa AIDS.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

A pessoa é acometida pela doença em qualquer tipo de contato sanguíneo, em especial através de relações sexuais sem proteção. De acordo com o Ministério da Saúde, a doença tem avançado em todo o país.

Os especialistas atribuem o aumento no número de soropositivos a falta de campanhas nacionais contra a doença. Outro fator que tem contribuído para a displicência é a falsa sensação de que a AIDS é uma doença qualquer.

O avanço dos tratamentos e dos medicamentos que prolongam a vida dos pacientes acaba deixando a grande maioria despreocupada. Mas, a realidade é muito dura para quem convive com o vírus da AIDS.

O número de pessoas portadoras do vírus HIV em Pará de Minas é preocupante, mas impreciso, pois muitos optam por realizar exames e tratamento em outras cidades, temendo o preconceito. O vírus HIV tem se disseminado de maneira preocupante entre os jovens pará-minenses.

Também são considerados irreais os dados oficiais de notificações do Ministério da Saúde referentes ao ano de 2015 em Pará de Minas. No ano passado o Ministério da Saúde registrou 156 pessoas contaminadas pelo vírus da AIDS no município, sendo 113 homens e 43 mulheres.

Como medida preventiva, algumas empresas estão promovendo palestras para orientar seus colaboradores quanto aos riscos. As palestras são ministradas por profissionais da Secretaria Municipal de Saúde.

A psicóloga Marina Saraiva Almeida destaca os bons resultados obtidos pelas visitas realizadas a empresa e instituições que solicitam profissionais para tratar do tema:

Marina Saraiva Almeida
plstrhivmsalm1

A profissional de saúde mental explica que atualmente não existe um grupo de risco e sim um comportamento de risco. Isto significa que qualquer pessoa que não se protege poderá contrair o vírus HIV:

Marina Saraiva Almeida
plstrhivmsalm2

As empresas e entidades interessadas em realizar campanhas contra a AIDS podem fazer contato com a Secretaria Municipal de Saúde de Pará de Minas. Uma equipe da Promoção da Saúde disponibilizará todo o suporte necessário.

Os exames de HIV podem ser solicitados em qualquer unidade de saúde próxima. O procedimento é gratuito e o tratamento no caso da pessoa infectada é custeado pelo Sistema Único de Saúde (SUS). O paciente tem garantido o sigilo absoluto, conforme previsto em lei.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!