Com preços em alta, nutricionista ensina como substituir arroz, óleo de soja, verduras e derivados do leite

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Os preços dos produtos considerados básicos e essenciais na mesa estão assustando os consumidores paraminenses há alguns dias. Itens que antes nem chamavam tanto a atenção nos supermercados, hoje são considerados artigos de luxo pra muita gente.

Caso do pacote de arroz, que segundo o Procon de Pará de Minas, tem variado de preço na cidade entre R$ 14,90 e R$ 26,80, após pesquisa realizada nesta semana. Mas esta altura os preços já devem ter subido novamente. A indicação do órgão é que os consumidores variem de marca para evitar pagar mais caro.

Mesmo mudança a marca de certo produto, com a alta do preço muita gente não está conseguindo manter as compras como antes. Diante desta crise financeira é preciso pechinchar, pesquisar e quem sabe até mudar a alimentação, substituindo um produto por outro com nutrientes semelhantes.

O Portal GRNEWS convidou a nutricionista Fernanda Medina para dar dicas importantes sobre trocas e como passar por este momento de alta nos preços comendo de forma saudável.

Ela explica que em várias situações é possível trocar os alimentos mais comuns no dia a dia e que estão caros atualmente por outros mais baratos e com o mesmo valor nutricional:


Fernanda Medina
fernmedaltapreco1

Outra sugestão interessante da nutricionista é buscar por pequenos produtores e agricultores familiares. Em Pará de Minas, por exemplo, existe a Feirinha da Agricultura Familiar que funciona toda sexta-feira e sábado na Avenida Brasil, Centro da cidade:

Fernanda Medina
fernmedaltapreco2

Além do arroz, feijão e derivados do leite que tiveram alta considerável nos últimos dias, quem vai ao supermercado tem reclamado muito do preço do óleo de soja.

E esta, segundo a nutricionista, é a chance das pessoas deixarem o óleo de lado e evitar este consumo que não é considerado saudável:

Fernanda Medina
fernmedaltapreco3

Já em relação às carnes, trocar por ovos e frango é uma ótima opção:

Fernanda Medina
fernmedaltapreco4

Além de trocar os alimentos que tiveram alta anos preços, outra dica importante de especialistas é comprar em menor quantidade, evitando aquelas grandes compras. Sempre que encontrar uma promoção aí sim pode adquirir frente a este preço menor.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!