Desassoreamento da Lagoa do Eldorado deve começar em breve; serviço será pago pela Águas de Pará de Minas

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

A conhecida como Lagoa do Eldorado, por estar na divisa entre os bairros Eldorado e Recanto, a lagoa passa por um processo de revitalização desde julho de 2017. A recuperação é uma parceria entre AMA Pangeia, Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) na Comarca de Pará de Minas, prefeitura e Águas de Pará de Minas.

Naquele ano a vegetação aquática, conhecida como taboa, havia sido retirada com ajuda de uma pá carregadeira. No ano passado iniciou o esgotamento da lagoa, onde muitos paraminenses ajudaram pescando as mais variadas espécies de peixes.

Agora chegou o momento de desassorear a lagoa, que ficará sob responsabilidade da Águas de Pará de Minas que pagará pelo aluguel do maquinário para retirar a argila e demais compostos.

O desassoreamento deve começar na próxima semana como explica o gerente da AMA Pangeia, José Hermano de Oliveira Franco:


José Hermano de Oliveira Franco
josehermanolagoaeld1

Esta revitalização da lagoa é custeada pela concessionária responsável pelo abastecimento de água e tratamento de esgoto na cidade. O investimento gira em torno de R$ 540 mil. José Hermano explica como será a próxima etapa que deve durar em média dois meses:

José Hermano de Oliveira Franco
josehermanolagoaeld2

O desassoreamento é necessário para retirar todo o barro que se acumulou ao longo dos anos na lagoa e isso permite o fluxo da água. O trabalho deve ser planejado e constante:

José Hermano de Oliveira Franco
josehermanolagoaeld3

Após o desassoreamento da Lagoa do Eldorado a prefeitura pretende criar ali um espaço de lazer com pista de caminhada, iluminação completa e academia ao ar livre.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

Don`t copy text!