Museu de Pará de Minas recebe peça sacra restaurada pelo Instituto Cultural Flávio Gutierrez

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

oratorio_museu070716
O Museu Histórico de Pará de Minas (Muspam) recebeu na quarta-feira (06) um oratório que havia sido levado para o serviço de restauração na cidade do Rio Janeiro. A peça sacra é do século XIX e tem um grande valor histórico.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

A peça sacra foi doada ao Muspam pela filha do ilustre paraminense Benedito Valadares Ribeiro, Lúcia Valadares Pádua. Ela adquiriu o oratório por volta de 1950 e o levou para a capital carioca. No dia 24 de julho de 2015 ele foi enviado novamente para Pará de Minas.

Segundo Ana Maria Campos, gerente do Museu Histórico, a arte sacra ficou mais de 60 anos no Rio de Janeiro, onde o clima é diferente. Com o retorno as origens, a madeira que compõem o oratório sofreu os efeitos do tempo.

Ela conta que em apenas três meses começaram a surgir pequenas rachaduras na peça sacra e a situação estava ficando preocupante. Por isso foi feito contato com a paraminense Ângela Gutierrez.

ana_maria_campos070716
Ela fundou e preside o Instituto Cultural Flávio Guitierrez, o qual trabalha na montagem e preservação de museus. A empresária disponibilizou todo o serviço de restauração do oratório:

Ana Maria Campos
rsoranamariacampos1

Agora a peça sacra histórica que relembra a fé católica do povo de Pará de Minas está em excelentes condições e pode ser vista no Muspam. Ana Maria Campos comemorou o excelente resultado do trabalho:

Ana Maria Campos
rsoranamariacampos2

O oratório pertencia a uma família que residiu em um imóvel localizado no terreno onde foi construído o Santuário de Nossa Senhora da Piedade, Centro, em Pará de Minas.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!