IMA faz recadastramento obrigatório de produtores de bovinos, bubalinos, caprinos, ovinos e equídeos

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


A portaria 1758 do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) foi aprovada em setembro de 2017 obrigando a todos os produtores do ramo pecuário em Minas Gerais a participar de um recadastramento.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Deverão ser recadastrados os criadores de bovinos, bubalinos, caprinos, ovinos e equídeos de todo o estado. O procedimento poderá ser feito até o dia 29 de dezembro de 2017.

Após o recadastramento o criador receberá sua senha de acesso ao Portal de Serviços do Produtor Rural na página do IMA na internet. Com isso ele poderá emitir documentos sem a necessidade de ir aos escritórios.

O objetivo do órgão é atualizar a base de dados porque muitos produtores abandonaram as atividades e outros faleceram. Por isso as informações precisam ser levantadas e repassadas para o governo do estado.

Lucas Silva Jardim, chefe do IMA em Pará de Minas, explica que todos os produtores rurais devem procurar os escritórios seccionais portando os documentos pessoais e comprovante de endereço atualizado:


Lucas Silva Jardim
recadastramentolucas1

Além de atualizar os dados dos produtores será feita a inclusão no Portal de Serviços do IMA. Uma nova ferramenta que facilitará muito o acesso a informações e procedimentos administrativos:

Lucas Silva Jardim
recadastramentolucas2

O criador que não fizer o recadastramento ficará impedido de transitar com animais dentro e fora do estado. Além de Pará de Minas, o IMA mantém escritórios seccionais em outros municípios da região Centro-Oeste de Minas Gerais, como Itaúna, Pitangui, Bom Despacho e Divinópolis.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!