“Um olhar quase histórico” retrata Pará de Minas na visão de um artista carioca

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Já imaginou um carioca chegar a Pará de Minas e se apaixonar pelos imóveis históricos? Foi isso que aconteceu quando Nelson Polzin veio passear na cidade e se encantou pela luminosidade de Pará de Minas. Ele, que é arquiteto por formação e com grandes participações no cenário urbano do Rio de Janeiro, aposentou-se na profissão e seguiu a veia artística.

A paixão é a aquarela que segundo ele se destaca por impressionar com pontos luminosos na tela, que chamam a atenção de qualquer pessoa que vê seus quadros.

Para se especializar na área participou de vários workshops e oficinas com grandes nomes da arte e hoje é reconhecido internacionalmente.

Por ser amigo da jornalista e escritora Malluh Praxedes passou a visitar Pará de Minas com frequência e encantado com as cores e luzes dos casarões antigos e pontos turísticos, criou telas que poderão ser apreciadas por qualquer um a partir de sexta-feira, 9 de agosto, quando será aberta na Casa da Cultura a exposição “Um olhar quase histórico”:

Nelson Polzin
nelsonpolzinexponp

Como também é amigo de Malluh Praxedes, José Roberto Pereira conheceu o trabalho de Nelson Polzin e também ficou encantado. Ele como artista e diretor de Cultura de Pará de Minas, percebeu a importância de ter uma exposição como esta na cidade, que retrata por outro olhar as belezas do município:

José Roberto Pereira
joserobertoexponp

A exposição “Um olhar quase histórico” fica em cartaz na Casa da Cultura até o dia 30 de agosto e pode ser  visitada de segunda a sexta-feira, de 7 às 17 horas. Visitas guiadas podem ser agendadas pelo telefone (37) 3231-7780.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

Don`t copy text!