Risco de rompimento de barragem provoca evacuação de casas em Itatiaiuçu; Bombeiros e SAMU Oeste atuam no município

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

A população de Minas Gerais e do Brasil foi surpreendida nas primeiras horas desta sexta-feira, 8 de fevereiro, com as informações sobre riscos de rompimentos de barragens nos municípios de Barão de Cocais e Itatiaiuçu.

Em Barão de Cocais a evacuação ocorreu na madrugada de hoje (8) e aproximadamente 500 pessoas foram retiradas de suas casas por causa da Barragem Sul Superior da Mina de Gongo Seco, da mineradora Vale. De acordo com a prefeitura de Barão de Cocais, foi acionado o nível 2 de risco da barragem. A decisão foi tomada diante de observações e monitoramentos feitos pela Agência Nacional de Mineração, Defesa Civil do estado e do município e pela própria Vale.

Pouco mais tarde a situação se repetiu no distrito de Pinheiros, em Itatiaiuçu. Os moradores estão deixando suas casas nesta sexta (8) após risco de rompimento de uma barragem da produtora de aço ArcelorMittal.

Márcia Santos/SAMU Oeste/Divulgação

De acordo com o Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, a situação está controlada no momento. O major Joselito Oliveira do 10° Batalhão do Corpo de Bombeiros de Divinópolis está coordenando as operações em Itatiaiuçu afirma que cerca de 70 pessoas que deixaram suas casas foram encaminhadas para um hotel em Itaúna:

Major Joselito Oliveira
majorjoselitoitatiaucu1

O secretário-executivo do CIS-URG Oeste, consórcio que gerencia o SAMU Oeste, José Márcio Zanardi, também está no local. Mesmo com a situação sob controle, a equipe do SAMU Oeste está a postos no município, caso seja necessário realizar algum atendimento:

José Márcio Zanardi
josemarciozanardiitatiauaucu1

A preocupação aumenta com estas notícias, considerando que o Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG) ainda realiza buscas de corpos da tragédia da Vale, após rompimento de barragem em Brumadinho, ocorrida em 25 de janeiro. Até agora são 157 mortos e 182 pessoas desaparecidas.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!