Defesa Civil avalia estragos causados pela chuva e nega risco de pedra se soltar da Serra do Cristo Redentor

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


As fortes chuvas que caíram em Pará de Minas na madrugada da segunda-feira, 6 de fevereiro, provocaram estragos em diversos pontos da cidade. A semana começou com um grande serviço de limpeza.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Uma árvore foi retirada da galeria do Córrego Água Limpa, na avenida Presidente Vargas. Os galhos e o tronco represaram as águas e provocaram muitos transtornos e alagamentos em imóveis da avenida.

No bairro JK parte do muro da Escola Estadual Professor Wilson Melo Guimarães não suportou a força da enxurrada e caiu. O mesmo aconteceu em uma fábrica de tecidos na avenida Alano Melgaço, Centro.

André Lara Amaral, responsável pela Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (COMDEC), apresentou um relatório de todas as ações tomadas para amenizar os danos causados pelo temporal. Uma das ocorrências foi a queda do arrimo de uma casa na rua Celso Grassi, na Vila Raquel (foto acima):

André Lara Amaral
comdecandrelaraamaral1

O maior sinistro foi à enxurrada de lama que invadiu algumas residências no bairro Serra Verde. O material foi carreado de um loteamento que ainda está sem a obrigatória infraestrutura das redes de esgoto e pluvial. As famílias afetadas foram socorridas e os devidos registros realizados:


André Lara Amaral
comdecandrelaraamaral2

Sobre a informação de que uma pedra de grande porte estaria se soltando na Serra do Cristo, na Vila Raquel, o coordenador da COMDEC afirma que não existe risco desta natureza:

André Lara Amaral
comdecandrelaraamaral3

Em caso de alagamentos a população pode acionar a COMDEC através do telefone (37) 9.9663-7021. Já o telefone fixo funciona durante o horário comercial (37) 3231-7766. O Corpo de Bombeiros também atende aos chamados pelo telefone 193.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!