Exames laboratoriais descartam a Doença de Chagas em moradores de Matinha

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

O Departamento de Vigilância em Saúde mantém um trabalho de combate à Esquistossomose e a Doença de Chagas em Pará de Minas. Os agentes de saúde visitam especialmente as residências na zona rural.

Foi detectada uma infestação de barbeiros no Bairro Matinha. Durante os levantamentos a foram encontrados 26 barbeiros somente em uma residência e por isso foi iniciada uma busca ativa de todos os focos do inseto.

Também foi constatado que as casas continham muitos materiais guardados e que contribuem para o surgimento dos barbeiros. Somente um hospedeiro do Trypanosoma Cruzi que estava infectado.

Os animais se alimentam de sangue e são contaminados com o parasita quando sugam sangue de animais ou pessoas infectadas, que são os reservatórios naturais. O parasita é eliminado nas fezes junto ao ponto da picada.

Os moradores tiveram o sangue coletado e encaminhado para o laboratório da Fundação Ezequiel Dias (FUNEDI) em Belo Horizonte. Também foi realizada a limpeza e dedetização dos locais onde foram encontrados os barbeiros.

De acordo com Paulo Duarte, secretário municipal de Saúde, os moradores que foram submetidos a exames felizmente tiveram um resultado negativo. O monitoramento continua sendo feito pelo poder público:

Paulo Duarte
pauloduarte_chagas

A população deve contribuir com o trabalho da Secretaria Municipal de Saúde por manter limpos os quintais. Também é muito importante evitar o acúmulo de materiais empilhados que possam servir de criadouros dos barbeiros.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE