Não cumprir medidas de enfrentamento à COVID-19 contribui para aumento de casos e mortes em MG

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Minas Gerais vem registrando aumento considerável no número de casos do novo coronavírus (COVID-19) nas últimas semanas. Entre 4 e 5 de agosto foram confirmados 3.933 novos casos e 152 mortes em decorrência do novo coronavírus em todo o estado. Até agora já são 139.661 casos e 3.195 óbitos, conforme publicado pelo Portal GRNEWS.

Além da doença agravar alguma comorbidade que o paciente já tenha, infelizmente, nem todos tem feito sua parte mantendo o distanciamento social, utilizando máscaras e álcool em gel, tudo isso recomendado por todas as autoridades sanitárias.

É o que mostram os dados do monitoramento realizado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) que atualiza diariamente os perfis geográfico e demográfico, ocupação de leitos, distanciamento social e georreferenciamento.

O Portal GRNEWS apurou que atualmente a letalidade da doença em Minas Gerais está em 2,29%, sendo que dos óbitos confirmados, 53,07% são homens e 46,93% são mulheres.

Os gráficos apresentam mostram que em Pará de Minas a letalidade da COVID-19 está em 2,60%, sendo que em 60,29% dos casos os pacientes eram homens e em 39,71%, mulheres. Dos casos confirmados na cidade, 87,5% dos pacientes ficaram em isolamento domiciliar e 12,5% precisaram ser internados. No município, os casos são maioria entre homens na faixa etária entre 40 e 49 anos, e em mulheres entre 20 e 39 anos.

Minas Gerais está hoje com 66,10% do total de leitos do Sistema Único de Saúde (SUS) ocupados, sendo que destes, 27,49% é de pacientes confirmados ou com suspeita de COVID-19. Enquanto isso, a região Oeste, da qual Pará de Minas faz parte, tem 52% de ocupação, e 18% são pessoas com o novo coronavírus.

O Portal GRNEWS apurou também que os gráficos apresentados pela SES, revelam que Pará de Minas está com 31,91% do número de leitos ocupados e destes, 14,89% é de pacientes diagnosticados ou com suspeitas da doença.

A média de isolamento e distanciamento social também foi apresentada pela Secretaria de Estado da Saúde. Enquanto a média no Brasil é de 40,48% e em Minas Gerais, 41,62%, a região Oeste do estado é a que menos se isola. Apenas 37,20% da população tem respeitado as regras de distanciamento social.

Pará de Minas, por exemplo, tem 37,75% da população mantendo distância uma das outras e só saindo para o que é realmente necessário. Enquanto isso em cidades como Viçosa, que fica no Leste do Sul do estado, mantém distanciamento de 44,17%.

Todos estes números também serão levados em consideração pela SES e a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (SEDE) quando anunciar a divisão dos municípios por microrregião e quais ondas eles deverão seguir baseados no Plano Minas Consciente. A divulgação está marcada para esta quinta-feira, 6 de agosto.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!